Conecte-se Conosco
 

Cidades

‘Japa do Crime’ presa com R$ 1 milhão não sabia dos crimes do marido, diz defesa

Publicado

em

Advogado de Karen de Moura Tanaka Moris disse ao g1 que mulher é inocente e dinheiro encontrado é da venda de veículos e imóveis. Suspeita é conhecida pela polícia como ‘Japa do crime’. Karen de Moura Tanaka Moris foi presa com mais de R$ 1 milhão em dinheiro
Divulgação/Polícia Civil e Matheus Croce/TV Tribuna
Conhecida pela polícia como ‘Japa do crime’, Karen de Moura Tanaka Moris não tem envolvimento com atos ilícitos, segundo o advogado de defesa João Armôa Junior. Em entrevista ao g1 nesta sexta-feira (9), ele disse que a mulher sequer tinha conhecimento do histórico criminoso do marido Wagner Ferreira da Silva, o ‘Cabelo Duro’, antes da morte dele em 2018. Segundo a polícia, o homem era considerado um dos chefes da principal facção criminosa do estado de São Paulo.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
Karen, que teve a prisão convertida em preventiva, é apontada pela polícia como uma das principais responsáveis pela lavagem de dinheiro do tráfico de drogas para a organização na Baixada Santista. Ela foi presa no apartamento dela no bairro Tatuapé, na capital, onde a polícia apreendeu R$ 1 milhão e 50 mil dólares [cerca de R$ 249 mil na cotação atual] em dinheiro, além de um veículo da marca Audi.
Segundo o advogado, o dinheiro encontrado na casa é oriundo de meios lícitos. “De compra e venda de veículos, de imóveis que são totalmente lícitos e isso vai ser comprovado no curso da instrução do processo”, explicou João Armôa Junior.
Ainda de acordo com o defensor, Karen tem ensino superior e é ré primária. “A maior prova que ela está falando a verdade sobre esse tema é que nunca ela foi investigada por organização criminosa enquanto o marido era vivo e nem logo após a morte dele”, enfatizou.
O advogado esclareceu ainda que ela tem um filho menor de idade com Wagner, mas não sabia do envolvimento do marido com o crime organizado. “Desconhecia totalmente as atividades ilícitas dele enquanto ele estava em vida aqui na Terra”, disse Armôa.
A expectativa da defesa de Karen é que seja concedida liberdade provisória ou prisão domiciliar para que a suspeita possa cuidar do filho. “A lei diz que a mãe presa com um filho menor de 12 anos, que depende exclusivamente dela, não pode ficar presa e tem que ficar em prisão domiciliar”, explicou.
Viúva de chefe de facção executado é presa por lavagem de dinheiro no litoral de SP
Divulgação/Polícia Civil e Reprodução
Viúva de ‘Cabelo Duro’
Wagner também era conhecido como Waguininho e Magrelo. Ele é suspeito de participar de roubos em marinas de luxo no litoral paulista e do assassinato de um policial militar. A polícia apura se Wagner desviou dinheiro ou estaria envolvido nos assassinatos de outros dois membros da facção: Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca.
Wagner Ferreira da Silva foi morto com tiros de fuzil aos 32 anos, em um ataque realizado na frente do hotel Blue Tree Towers, na Zona Leste de São Paulo, em fevereiro de 2018.
Polícia de SP investiga execução de criminoso a tiros de fuzil
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Continue Lendo

Cidades

VÍDEOS: EPTV 2 Campinas desta sexta-feira, 23 de fevereiro

Publicado

em

Por

Assista às reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Assista às reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba.

Continue Lendo

Cidades

VÍDEOS: EPTV 2 Piracicaba desta sexta-feira, 23 de fevereiro

Publicado

em

Por

Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba.

Continue Lendo

Cidades

VÍDEOS: SP1 de sexta-feira, 23 de fevereiro de 2023

Publicado

em

Por

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de São Paulo. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de São Paulo.

Continue Lendo

Cidades

VÍDEOS: EPTV 2 Piracicaba desta sexta-feira, 23 de fevereiro

Publicado

em

Por




Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba.

Continue Lendo

Cidades

Escola de Música de Votorantim abre inscrições para cursos gratuitos; veja como participar

Publicado

em

Por

Os candidatos podem se inscrever até o dia 23 de fevereiro, por meio do site da instituição; há vagas para música erudita, educação musical e coral infantojuvenil. Vagas são destinadas a alunos com e sem proficiência musical
Pixabay
A Prefeitura de Votorantim (SP) abriu as inscrições para cursos gratuitos da Escola de Música Maestro Nilson Lombardi (EMV). São 75 vagas para 14 disciplinas.
Podem participar dos cursos alunos com e sem conhecimento musical. O candidato que já possui proficiência na área, deverá apresentar uma peça, à escolha, do repertório erudito. Demais alunos farão teste e entrevista.
As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de fevereiro, no site. Quem não possui acesso à internet ou necessita de auxílio para se cadastrar, pode procurar a secretaria da EMV, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h.
Cursos disponíveis:
Coral infantojuvenil;
Canto lírico;
Contrabaixo acústico;
Flauta transversal;
Musicalização infantil
Percussão sinfônica;
Piano clássico;
Trombone;
Trompa;
Trompete;
Viola sinfônica;
Violão clássico;
Violino;
Violoncelo.
A escola de música de Votorantim está localizada na avenida São João, nº 649, no bairro Jardim Icatu.
Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí
VÍDEOS: Assista às reportagens da TV TEM

Continue Lendo

Cidades

Mogi das Cruzes e Suzano têm alagamentos após forte chuva registrada nesta sexta-feira

Publicado

em

Por

Em um curto espaço de tempo foram registrados 23 milímetros de chuva em Mogi e 25 mm em Suzano. Imóveis foram invadidos pela água. Mogi e Suzano registram alagamento após tempestade nesta sexta-feira
As cidades de Mogi das Cruzes e Suzano registraram pontos de alagamentos, transtornos e prejuízos, após uma forte chuva registrada na tarde desta sexta-feira (23). Em um curto espaço de tempo foram registrados 23 milímetros de chuva em Mogi e 25 mm em Suzano.
✅ Clique para seguir o canal do g1 Mogi das Cruzes e Suzano no WhatsApp
Na Escola Municipal José Francisco, que fica no Jardim Taba Marajoara, em Suzano, o telhado quebrou e formou uma cachoeira. O local ficou alagado e imagens mostram os funcionários tentando minimizar os impactos.
No Parque Alvorada, a cachoeira se formou em uma escadaria e enxurrada foi direto para a entrada de uma casa. Móveis e objetos foram tomados pela água que subiu bastante.
Cachoeira se formou na escadaria de uma casa em Suzano
Reprodução/TV Diário
Ainda na cidade, a Estrada Índio Tibiriçá também ficou alagada. Mesmo assim, alguns motoristas arriscaram passar pela via. Passageiros de um ônibus desceram e seguiram a pé pelas laterais da estrada.
Em Mogi das Cruzes, a chuva também causou estragos. A Rua das Violetas, na Chácara Guanabara, se transformou em um rio. No parque São Martinho, a água invadiu a casa da Luciana Messias. Ela mora na rua Rômulo Araújo Medeiros. A família se uniu com rodo e panos, mas os prejuízos foram grandes.
O que dizem as prefeituras
Sobre o caso da escola, a Secretaria de Educação de Suzano informou que uma das calhas entupiu por causa do volume de chuva e a água retornou para o pátio. Ainda segundo a Prefeitura, os alunos estavam nas salas de aula e a rotina não foi prejudicada.
A administração municipal disse ainda que nos próximos dias providências serão tomadas para que isso não aconteça mais. A Defesa Civil da cidade disse que não recebeu chamados em relação à chuva desta tarde.
Em Mogi das Cruzes, a Defesa Civil disse que a chuva caiu em pontos isolados, o distrito de Brás Cubas registrou o maior volume, com 23mm. Nenhum chamado foi registrado.
O monitoramento continua e o telefone pra emergência é o 199.
Assista a mais notícias do Alto Tietê

Continue Lendo

LOCALIZAÇÃO DE PESSOAS – TEL.11 9.8721-7939

Mais Acessados