InícioCidadesHomem acusado de matar casal a tiros dentro de casa é condenado...

Homem acusado de matar casal a tiros dentro de casa é condenado a 42 anos de prisão em Araçatuba

Clarice Miranda, de 55 anos, e Egídio Ribeiro, de 56, foram assassinados na casa onde moravam, em 2014. Atirador Laire Antônio Neves Feltrin foi condenado por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe, sem chance das vítimas se defenderem. Clarice Miranda, de 55 anos, e Egídio Ribeiro, de 56 anos, foram mortos dentro de casa em Araçatuba
Reprodução/Tv Tem
Foi condenado a 42 anos de prisão o homem acusado de matar a tiros um casal no bairro Jussara, em Araçatuba (SP), em 2014.
O julgamento começou na manhã de quarta-feira (24) e terminou na madrugada desta quinta-feira (25) com a condenação do atirador Laire Antônio Neves Feltrin a 42 anos e 6 meses de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe, sem chance das vítimas se defenderem.
A promotoria afirmou que está satisfeita com a decisão e não vai recorrer. O advogado de defesa de Laire afirmou que pretende recorrer para tentar diminuir a pena do réu.
Veja as notícias marcantes do g1 Rio Preto e Araçatuba
Entenda o caso
Clarice Miranda, de 55 anos, e Egídio Ribeiro, de 56, foram assassinados dentro da casa onde moravam, em outubro de 2014. O crime chocou moradores, principalmente porque as vítimas não tiveram tempo de reagir.
Segundo a Polícia Civil de Araçatuba, o alvo dos criminosos era o filho do casal, que é ex-genro do mandante do crime.
Ele teria visto os homens chegando e se escondeu dentro da casa. Porém, os pais não conseguiram se defender e foram mortos a tiros.
Além de Laire, o mandante do crime, Carlos Alberto Sales, e um dos assassinos, Emerson Ferreira Brito, foram julgados e condenados a mais de 30 anos de prisão, em 2017.
Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: confira as reportagens da Tv Tem

LEIA TAMBÉM
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Vistos