Rajadas de vento com 80km/h atingem Presidente Prudente e formam nuvens de poeira no céu; veja VÍDEO

0
8

Para os próximos dias, segundo a Defesa Civil, principalmente a partir desta sexta-feira (15), a chegada de uma nova frente fria criará condições para pancadas de chuva forte generalizada. Rajadas de vento com 80km/h atingem Oeste Paulista
Uma rajada de vento vinda da região sudoeste formou uma imensa nuvem de poeira em Presidente Prudente (SP) na manhã desta quinta-feira (14). A mudança no tempo ocorreu pouco depois das 6h, antes, o céu estava limpo.
A força do vento, que, segundo a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil, chegou a ter rajadas de 80km/h, derrubou uma árvore e uma antena de uma residência.
Isso ocorreu por conta da umidade que vem da região amazônica. A situação climática significa a chegada da chuva ao Oeste Paulista. Em Presidente Prudente pode chover até 30 milímetros nesta quinta-feira.
De acordo com a Defesa Civil, linhas de instabilidade já atuam em toda a região, influenciadas por um sistema meteorológico que ainda atua no Sul do Brasil.
Vento forte derrubou antena de residência em Presidente Prudente
Defesa Civil
Para os próximos dias, segundo a Defesa Civil, principalmente a partir desta sexta-feira (15), a chegada de uma nova frente fria criará condições para pancadas de chuva forte generalizada, seguidas por raios, rajadas de vento forte e até mesmo queda de granizo em pontos isolados.
Os atuais modelos meteorológicos indicam condição para momentos de tempestade severa e acumulados expressivos.
A recomendação da Defesa Civil é para que os municípios mantenham atenção redobrada às áreas mais vulneráveis, pois há risco de deslizamentos, desabamentos e ocorrências relacionadas com raios, vento e granizo até, pelo menos, terça-feira (19), dia em que as condições mudam e o tempo volta a ficar estável em praticamente toda a região de Presidente Prudente.
Vento forte derrubou antena de residência em Presidente Prudente
Defesa Civil
Com relação às temperaturas, como os dias tendem a ficar com uma maior nebulosidade, a sensação térmica não sobe tanto e ficará mais amena se comparada com os últimos dias, sendo que em alguns momentos, chega até ser de um leve frio, principalmente nos períodos noturno/madrugada, segundo a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil.
De acordo com o climatologista Vagner Camarini, a tempestade de poeira é um fenômeno comum nesta época do ano na região de Presidente Prudente.
“Geralmente, após um longo período de estiagem e a chegada de uma frente fria, é normal a ocorrência de fenômenos como este. Quando o tempo está muito seco, muita poeira acaba sendo gerada e, com a chegada da frente fria, ocorre uma espécie de choque térmico”, explicou ao g1.
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here