Home Blog Page 2

Região de Campinas abre 1.162 vagas de emprego em 11 cidades; veja lista de cargos

0

Destaque é para Americana (SP), que conta com 327 oportunidades de trabalho nesta segunda-feira (20). Região de Campinas (SP) abre semana com 1.162 vagas de emprego
Julia Galvão
As unidades públicas de atendimento ao trabalhador de 11 cidades da região de Campinas (SP) estão com 1.162 vagas de emprego abertas nesta segunda-feira (20). O destaque é para Americana (SP), que inicia a semana com 327 oportunidades de trabalho.
As ofertas disponíveis nos municípios são para diversos níveis de escolaridade e destinadas a candidatos de todos os gêneros. Além disso, há pelo menos 22 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCDs).
Vagas por cidade
Americana: 327
Campinas: 280
Espírito Santo do Pinhal: 35
Indaiatuba: 80
Itapira: 48
Jaguariúna: 52
Mogi Guaçu: 167
Mogi Mirim: 28
Pedreira: 10
Serra Negra: 26
Valinhos: 109
As cidades de Mogi Mirim (SP) e Serra Negra (SP) não especificaram a quantidade de oportunidades abertas por cargos. Por esta razão, o número total de ofertas pode ser superior a 1.162.
Os PATs alertam que as vagas podem ser alteradas ao longo do dia, conforme preenchimento, por isso, é recomendado que os interessados acompanhem pelos sites das prefeituras.
Por conta da pandemia da Covid-19, a forma de contato com as unidades pode variar entre os municípios, assim como critérios de seleção e remuneração. Veja, abaixo, a lista completa de vagas em todas as cidades.
Americana
O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Americana (SP) está com 327 vagas abertas em 71 cargos, sendo uma delas destinada a pessoas com deficiência. O balanço foi encaminhado pela assessoria de imprensa da cidade na sexta-feira (17), às 15h53. Confira, abaixo, a relação completa:
Açougueiro (a) – 3 vagas
Açougueiro (a) júnior – 7 vagas
Ajudante de eletricista – 1 vaga
Ajudante de marceneiro – 2 vagas
Ajudante de montagem – 1 vaga
Ajudante de motorista – 5 vagas
Ajudante de obras – 14 vagas
Ajudante de pedreiro – 2 vagas
Ajudante de produção – 46 vagas
Ajudante de serralheiro – 1 vaga
Ajudante geral – 12 vagas
Ajudante geral de produção – 2 vagas
Almoxarife – 1 vaga
Assistente comercial – 5 vagas
Assistente de RH – 1 vaga
Auxiliar de corte – 2 vagas
Auxiliar de cozinha – 6 vagas
Auxiliar de escrituração fiscal – 1 vaga
Auxiliar de manutenção predial – 1 vaga exclusiva para PCDs
Auxiliar de montagem de veículos – 1 vaga
Auxiliar de produção – 33 vagas
Auxiliar departamento fiscal – 1 vaga
Auxiliar departamento pessoal – 1 vaga
Auxiliar financeiro – 2 vagas
Balconista de açougue – 7 vagas
Caldeireiro (a) montador (a) – 8 vagas
Coletor (a) de resíduos – 2 vagas
Costureiro (a) – 3 vagas
Departamento contábil – 1 vaga
Eletricista – 1 vaga
Eletricista de manutenção – 1 vaga
Eletricista montador (a) – 2 vagas
Empacotador (a) – 3 vagas
Encanador (a) – 1 vaga
Enfestador (a) manual de tecidos – 1 vaga
Enrolador (a) tecido cru – 1 vaga
Estágio como analista em marketing – 1 vaga
Estágio como auxiliar administrativo – 1 vaga
Gesseiro (a) – 2 vagas
Instalador (a) de esquadrias de alumínio e vidros – 1 vaga
Manicure e pedicure – 4 vagas
Marceneiro (a) – 2 vagas
Mecânico (a) auxiliar têxtil – 1 vaga
Mecânico (a) de manutenção – 1 vaga
Monitor (a) de sistemas de segurança – 1 vaga
Montador (a) de móveis – 2 vagas
Montador (a) de móveis planejados – 2 vagas
Motorista – 1 vaga
Motorista carreteiro (a) – 10 vagas
Motorista entregador (a) – 1 vaga
Oficial de serviços gerais – 6 vagas
Operador (a) de caixa – 31 vagas
Operador (a) de estamparia – 1 vaga
Operador (a) de guindauto – 1 vaga
Operador (a) de serigrafia – 1 vaga
Operador (a) de serviços – 5 vagas
Operador (a) de torno CNC – 8 vagas
Pintor (a) de móveis – 1 vaga
Pintor (a) de obras – 5 vaga
Professor (a) de licenciatura plena em química – 1 vaga
Programador (a) de delphi – 2 vagas
Recepcionista – 1 vaga
Repositor (a) – 25 vagas
Serralheiro (a) – 1 vaga
Servente de obras – 4 vagas
Soldador (a) – 5 vagas
Supervisor (a) de limpeza – 1 vaga
Técnico (a) em manutenção geral – 1 vaga
Tratorista – 1 vaga
Vendedor (a) externo (a) – 10 vagas
Vendedor (a) interno (a) – 3 vagas
Serviço PAT Americana
Como se candidatar: os candidatos devem cadastrar os currículos no site, mas o PAT continua realizando atendimentos presenciais.
Endereço físico: Rua Anhanguera, 16, Centro.
Horário de funcionamento: das 9h às 17h.
Endereço virtual: site do PAT.
Telefone: (19) 3475-3559.
Campinas
O CPAT de Campinas (SP) reúne 280 vagas de emprego em 62 funções. O levantamento do G1 foi feito com base nas atualizações da página até as 13h deste sábado (18). Veja as oportunidades:
Açougueiro (a) – 3 vagas
Ajudante de jardineiro – 7 vagas
Ajustador (a) mecânico (a) em bancada – 1 vaga
Analista de desenvolvimento de sistemas – 2 vagas
Arrumador (a) de hotel – 1 vaga
Atendente de lanchonete – 4 vagas
Atendente de loja – 2 vagas exclusivas para PCDs
Auxiliar de costura – 5 vagas
Auxiliar de limpeza – 1 vaga
Auxiliar de manutenção elétrica e hidráulica – 2 vagas
Auxiliar de mecânico de autos – 1 vaga exclusiva para PCDs
Azulejista – 5 vagas
Chefe de serviço de limpeza – 2 vagas
Comprador (a) – 1 vaga
Cortador (a) de roupas – 1 vaga;
Costureiro (a) de máquina galoneira – 5 vagas
Costureiro (a) de máquinas industriais – 3 vagas
Costureiro (a) em geral – 1 vaga
Cozinheiro (a) de restaurante – 1 vaga
Desenhista projetista de moldes – 1 vaga
Eletricista – 6 vagas
Eletricista de instalações industriais – 2 vagas
Eletricista de rede – 1 vaga
Encanador (a) – 2 vagas
Encanador (a) industrial – 2 vagas
Encarregado (a) de obras – 1 vaga
Encarregado (a) geral de operações de conservação de vias permanentes (exceto trilhos) – 1 vaga
Fiscal de loja – 1 vaga
Garçom/garçonete – 1 vaga
Gerente comercial – 1 vaga
Instalador (a) de sistemas eletroeletrônicos de segurança – 1 vaga
Instalador-reparador (a) de linhas e aparelhos de telecomunicações – 1 vaga
Jardineiro (a) – 3 vagas
Mecânico (a) de automóvel – 2 vagas
Mecânico (a) de manutenção de aparelhos de refrigeração – 1 vaga
Mecânico (a) de motor a diesel – 1 vaga
Motorista carreteiro (a) – 2 vagas
Motorista de caminhão – 10 vagas
Motorista de caminhão-guincho pesado com munk – 2 vagas
Motorista de ônibus urbano – 2 vagas
Operador (a) de grua – 1 vaga
Operador (a) de máquina de dobrar chapas – 1 vaga
Operador (a) de máquinas agrícolas – 3 vagas
Operador (a) de motosserra – 5 vagas
Operador (a) de roçadeira – 7 vagas
Operador (a) de telemarketing ativo (a) – 112 vagas
Pedreiro (a) – 7 vagas
Pintor (a) de obras – 6 vagas
Porteiro (a) – 1 vaga exclusiva para PCDs
Promotor (a) de vendas – 20 vagas
Recepcionista de hotel – 1 vaga
Retificador (a) – 1 vaga
Serralheiro (a) – 2 vagas
Soldador (a) com experiência em solda inox – 1 vaga
Técnico (a) de apoio ao usuário de informática – 1 vaga
Técnico (a) de manutenção elétrica – 2 vagas
Técnico (a) em manutenção de máquinas – 1 vaga
Técnico (a) de operações de telecomunicações – 5 vagas
Tratorista operador (a) de roçadeira – 4 vagas
Tratorista agrícola – 2 vagas
Vendedor (a) orçamentista – 1 vaga
Vigilante – 4 vagas exclusivas para PCDs
Serviço CPAT Campinas
Como se candidatar: presencialmente, com horário agendado via Portão Cidadão.
Documentos exigidos: indicados conforme o agendamento.
Endereço virtual para consulta de vagas: CPAT Campinas.
Unidades
Centro: Avenida Campos Salles, 427, Centro. Atende de segunda à sexta, das 7h30 às 16h30. Na última sexta-feira do mês, encerra o atendimento às 12h.

Ouro Verde: Avenida Ruy Rodrigues, 3.900, Parque Universitário (shopping Spazio Ouro Verde, 1º andar). Atende de segunda à sexta, das 8h às 16h, e até às 11h na última sexta-feira do mês.

Campo Grande: Rua Manoel Machado Pereira, 902, Parque Valença 1 (em frente à Praça da Concórdia). Funciona de segunda à sexta, das 8h às 16h. Encerra o expediente às 11h na última sexta-feira do mês.
Espírito Santo do Pinhal
Em Espírito Santo do Pinhal, o PAT está com 35 vagas abertas em 12 cargos. Sete das vagas são para PCDs, mas, em cinco delas, a assessoria de imprensa não informou o posto de trabalho para os candidatos. A lista foi enviada na sexta-feira (17), às 16h. Confira o balanço completo:
Açougueiro (a) – 1 vaga
Comprador (a) de materiais – 1 vaga
Contratação de empresa de móveis planejados na área de pintura – 1 vaga
Contratação para PCDs – 5 vagas
Costureiro (a) -10 vagas
Montador (a) caldeireiro (a) de bancada – 1 vaga
Motorista de caminhão – 1 vaga
Operador (a) de produção APTIV – 10 vagas
Promotor (a) de vendas – 2 vagas exclusivas para PCDs
Soldador (a) industrial com solda MIG – 1 vaga
Técnico (a) em segurança no trabalho – 1 vaga
Torneiro mecânico (a) convencional – 1 vaga
Serviço PAT Espírito Santo do Pinhal
Como se candidatar: o currículo precisa ser enviado por e-mail com o CPF e vaga de interesse destacados no assunto da mensagem.
Endereço físico: Avenida Oliveira Mota, 1, Centro.
Endereço virtual: site do PAT.
Horário de funcionamento: das 8h às 16h.
Documentos exigidos: número do CPF e currículo.
E-mail para envio dos currículos: [email protected]
Telefone: (19) 3661-2114.
Indaiatuba
Indaiatuba (SP) reúne 155 oportunidades de trabalho em 80 cargos. O balanço do G1 considera a atualização enviada pela administração municipal na sexta-feira (17), às 15h. Veja a relação:
Balconista – 1 vaga
Açougueiro (a) – 1 vaga
Ajudante de cozinha – 6 vagas
Analista de controle de qualidade – 1 vaga
Analista de programação e controle da produção – 1 vaga
Apontador (a) de produção – 1 vaga
Aprendiz de mecânica de manutenção – 1 vaga
Assistente de engenharia – 1 vaga
Assistente de vendas – 3 vagas
Atendente balconista – 2 vagas
Atendente de lanchonete – 1 vaga
Atendente de lojas – 1 vaga
Auxiliar administrativo – 2 vagas
Auxiliar de contabilidade – 1 vaga
Auxiliar de cozinha – 2 vagas
Auxiliar de escrituração fiscal – 1 vaga
Auxiliar de garçom – 1 vaga
Auxiliar de limpeza – 2 vagas
Auxiliar de linha de produção – 5 vagas
Auxiliar de manutenção predial – 3 vagas
Auxiliar de marceneiro – 2 vagas
Auxiliar de pedreiro – 1 vaga
Auxiliar mecânico de refrigeração – 1 vaga
Auxiliar operacional de logística – 1 vaga
Caldeireiro (a) montador (a) – 1 vaga
Camareiro (a) de hotel – 1 vaga
Caseiro (a) – 1 vaga
Cobrador (a) externo (a) – 1 vaga
Consultor (a) de vendas – 1 vaga
Cortador (a) de roupas – 1 vaga
Costureiro (a) – 1 vaga
Cozinheiro (a) geral – 2 vagas
Desenhista projetista mecânico – 1 vaga
Editor (a) de imagem – 1 vaga
Eletricista – 4 vagas
Eletricista de instalações de veículos automotores – 1 vaga
Eletricista de manutenção industrial – 1 vaga
Empregado (a) doméstico (a) – 1 vaga
Encanador (a) – 2 vagas
Encanador (a) industrial – 1 vaga
Encarregado (a) de obras – 1 vaga
Esteticista – 1 vaga
Fresador (a) – 2 vagas
Fresador (a) CNC – 1 vaga
Garçom/garçonete – 2 vagas
Inspetor (a) de qualidade – 2 vagas
Instalador (a) de painéis – 1 vaga
Jardineiro (a) – 2 vagas
Manobrista – 1 vaga
Marceneiro (a) – 3 vagas
Mecânico (a) de auto em geral – 1 vaga
Mecânico (a) de manutenção de aparelhos de refrigeração – 1 vaga
Mecânico (a) montador (a) – 5 vagas
Montador (a) de aparelhos elétricos – 2 vagas
Montador (a) de móveis de madeira – 1 vaga
Motofretista – 2 vagas
Motorista de caminhão – 7 vagas
Motorista de caminhão leve – 1 vaga
Oficial de manutenção – 1 vaga
Oficial de serviços gerais – 3 vagas
Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações – 10 vagas
Operador (a) de máquinas fixas, em geral – 1 vaga
Operador (a) de torno com comando numérico – 1 vaga
Pedreiro (a) – 3 vagas
Pintor (a) de casas – 1 vaga
Pintor (a) de estruturas metálicas – 1 vaga
Pizzaiolo (a) – 2 vagas
Porteiro (a) – 3 vagas
Projetista de ferramentas – 1 vaga
Promotor (a) de vendas – 2 vagas
Serralheiro (a) – 6 vagas
Servente de pedreiro – 1 vaga
Soldador (a) – 4 vagas
Técnico (a) mecânico (a) – 1 vaga
Torneiro CNC – 1 vaga
Torneiro ferramenteiro (a) – 1 vaga
Torneiro mecânico (a) – 3 vagas
Tratorista operador de roçadeira – 1 vaga
Vendedor (a) – 7 vagas
Zelador (a) – 2 vagas
Serviço PAT Indaiatuba
Como se candidatar: interessados devem ligar no posto e indicar o cargo desejado.
Endereço físico: Rua 24 de Maio, 1.670.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.
Documentos exigidos: Carteira de trabalho e currículo.
E-mail: [email protected]
Telefone: (19) 3816-9252.
Itapira
Itapira (SP) contabiliza 48 vagas em 35 ocupações. O balanço considera a atualização divulgada no site da prefeitura até sábado (18), às 13h. As oportunidades são:
Açougueiro (a) – 2 vagas
Assistente de automação – 1 vaga
Atendente – 1 vaga
Auxiliar de cozinha – 3 vagas
Auxiliar de design – 1 vaga
Auxiliar de instalação – 2 vagas
Auxiliar de manutenção – 3 vagas
Auxiliar de produção – 4 vagas
Auxiliar de recursos humanos – 1 vaga
Chefe de cozinha – 1 vaga
Comprador (a) – 1 vaga
Consultor (a) de campo – 1 vaga
Consultor (a) de viagem – 1 vaga
Coordenador (a) de vendas – 1 vaga
Cozinheiro (a) – 1 vaga
Desenhista técnico (a) mecânico (a) – 1 vaga
Empregado (a) doméstico (a) – 1 vaga
Encarregado (a) eletricista – 1 vaga
Entregador (a) – 1 vaga
Estagiário (a) de engenharia – 1 vaga
Esteticista – 1 vaga
Ferramenteiro (a) – 1 vaga
Forneiro (a) – 1 vaga
Instalador (a) – 4 vagas
Líder encarregado (a) – 1 vaga
Mecânico (a) – 1 vaga
Mecânico (a) ajustador (a) – 1 vaga
Mecânico (a) de manutenção – 1 vaga
Motorista – 1 vaga
Operador (a) de torno CNC – 1 vaga
Pizzaiolo (a) – 1 vaga
Soldador (a) – 1 vaga
Torneiro (a) mecânico (a) – 2 vagas
Vendedor (a) de pneus – 1 vaga
Vendedor (a) interno (a) – 1 vaga
Serviço PAT Itapira
Como se candidatar: por e-mail.
Endereço: Rua Vitorio Copos, 122, Jardim Soares.
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 8h às 16h30.
Documentos exigidos: enviar currículo, número do PIS e vaga pretendida.
E-mail: [email protected]
Telefone: (19) 3843-4564.
Site: Prefeitura de Itapira.
Jaguariúna
O PAT de Jaguariúna (SP) conta com 52 vagas para 42 ocupações, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura. O balanço considera a atualização de sexta-feira (17), às 11h. Confira a lista:
Ajudante de carga e descarga – 1 vaga
Ajudante geral – 1 vaga
Atendente de padaria – 1 vaga
Auxiliar de comunicação visual – 1 vaga
Auxiliar de cozinha – 2 vagas
Auxiliar de escritório – 3 vagas
Auxiliar financeiro – 1 vaga
Auxiliar de limpeza – 2 vagas
Auxiliar de logística – 1 vaga
Auxiliar de manutenção de máquinas industriais – 1 vaga
Auxiliar de manutenção predial – 1 vaga
Auxiliar de marceneiro – 1 vaga
Auxiliar de mecânico de auto – 1 vaga
Auxiliar de mecânico de motor diesel – 1 vaga
Camareiro (a) – 1 vaga
Confeiteiro (a) – 1 vaga
Cozinheiro (a) – 1 vaga
Doméstico (a) – 3 vagas
Eletricista de automóvel – 1 vaga
Estagiário (a) de engenharia civil – 1 vaga
Fonoaudiólogo (a) – 1 vaga
Garçom/garçonete – 1 vaga
Gerente de loja – 1 vaga
Jardineiro (a) – 1 vaga
Manicure – 1 vaga
Mecânico de automóvel – 1 vaga
Mecânico (a) diesel – 1 vaga
Montador (a) de veículos – 1 vaga
Motorista de betoneira – 1 vaga
Motorista de caminhão – 2 vagas
Motorista entregador (a) – 1 vaga
Operador (a) de caixa – 1 vaga
Operador (a) de ETA/ETE – 1 vaga
Operador (a) de jato abrasivo – 1 vaga
Operador (a) de máquinas de terraplanagem – 1 vaga
Operador (a) de ponte rolante – 1 vaga
Pizzaiolo (a) – 2 vagas
Porteiro (a) – 1 vaga
Preparador (a) de veículos – 1 vaga
Técnico (a) químico (a) – 1 vaga
Terapeuta ocupacional – 1 vaga
Vendedor (a) para loja de roupas – 3 vagas
Serviço PAT Jaguariúna
Como se candidatar: presencialmente, com horário agendado online.
Endereço físico: Rua Coronel Amâncio Bueno, 810, Centro.
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.
Documentos exigidos: carteira de trabalho, RG, CPF e currículo atualizado.
Endereço virtual: Prefeitura de Jaguariúna.
Mogi Guaçu
Mogi Guaçu (SP) contabiliza 167 vagas em 43 ocupações. O balanço considera o boletim divulgado pela gestão da unidade na sexta-feira, às 17h. As ofertas disponíveis são:
Agente de negócios – 20 vagas
Ajudante de serralheiro – 1 vaga
Auxiliar administrativo – 1 vaga
Auxiliar de cozinha – 2 vagas
Auxiliar de enfermagem – 10 vagas
Auxiliar de limpeza – 3 vagas
Auxiliar de manutenção elétrica e hidráulica – 2 vagas
Auxiliar de pedreiro – 3 vagas
Auxiliar em manutenção de balanças – 1 vaga
Balconista – 1 vaga
Carpinteiro (a) – 2 vagas
Cozinheiro (a) – 1 vaga
Encanador (a) industrial – 2 vagas
Enfermeiro (a) – 18 vagas
Farmacêutico (a) – 2 vagas
Fresador (a) – 1 vaga
Instalador (a) de alarmes residenciais – 2 vagas
Instalador (a) de fibras ópticas – 2 vagas
Instalador (a) de som e acessórios automotivos – 1 vaga
Mecânico (a) automotivo – 1 vaga
Mecânico (a) de caminhão – 1 vaga
Mecânico (a) de máquinas agrícolas – 1 vaga
Mecânico (a) eletricista de automóveis – 1 vaga
Mecânico (a) em manutenção de bombas hidráulicas – 1 vaga
Motorista operador (a) de betoneira – 3 vagas
Nutricionista – 1 vaga
Oficial de manutenção – 3 vagas
Operador (a) de empilhadeira – 4 vagas
Pedreiro (a) – 13 vagas
Projetista de tubulação – 1 vaga
Promotor (a) de vendas – 1 vaga exclusiva para PCDs
Recepcionista atendente – 20 vagas
Repositor (a) de mercadorias – 3 vagas
Serralheiro (a) industrial – 1 vaga
Técnico (a) de enfermagem – 10 vagas
Técnico (a) em informática – 1 vaga
Técnico (a) em manutenção eletrônica – 1 vaga
Técnico (a) em nutrição – 1 vaga
Torneiro (a) mecânico (a) – 2 vagas
Tosador (a) de animais domésticos – 1 vaga
Vendedor (a) de cursos – 2 vagas
Vendedor (a) interno (a) – 1 vaga
Vendedor (a) PAP – 18 vagas
Serviço PAT Mogi Guaçu
Como se candidatar: presencialmente.
Endereço: Rua São José, 49, Vila Julia.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 16h, para retirada de senhas – o atendimento interno ocorre até as 17h.
Documentos exigidos: RG, CPF e Carteira de Trabalho.
E-mail: [email protected]
Site: Prefeitura de Mogi Guaçu.
Telefone: (19) 3841-7323 e 3891-5300.
Mogi Mirim
O PAT de Mogi Mirim (SP) oferece 28 cargos. O município não especifica a quantidade de vagas por função, que estão sujeitas à análise do sistema e limite de candidatos. O balanço foi enviado às 17h de sexta-feira (17). Os cargos são:
Agente de higienização
Ajudante de motorista
Ajudante de proteção florestal
Ajudante geral de instalação de ar condicionado
Assistente de compras
Atendente ao cliente – vaga exclusiva para PCDs
Auxiliar de cozinha
Auxiliar de cozinha
Auxiliar de limpeza
Auxiliar de pedreiro
Auxiliar de serviços gerais
Carpinteiro (a) de obras
Caseiro (a)
Coveiro (a)
Educador (a) social
Eletricista
Instalador (a) técnico (a) em ar condicionado
Jardineiro (a)
Motorista
Motorista de caminhão pipa
Operador (a) de empilhadeira
Operador (a) de máquina
Operador (a) de produção – vaga exclusiva para PCDs
Operador (a) de roçadeira
Operador (a) de serviços automotivos
Operador (a) de viradeira
Pedreiro (a)
Varredor (a) de rua
PAT Mogi Mirim
Como se candidatar: comparecer ao PAT com os documentos exigidos.
Endereço físico: Avenida Adib Chaib, 2250, Centro (Espaço Cidadão).
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 7h30 às 16h.
Documentos exigidos: Carteira de trabalho, RG, CPF e currículo.
E-mail: [email protected]
Telefone: (19) 3877 3079.
Pedreira
Pedreira (SP) oferta dez vagas de emprego em dez cargos. O balanço considera as informações publicadas pelo governo municipal até sábado (18), às 13h. As oportunidades disponíveis são:
Atendente de loja e mercado – 1 vaga
Supervisor (a) de limpeza – 1 vaga
Auxiliar geral – 1 vaga
Alimentador (a) de animais – 1 vaga
Torneiro CNC – 1 vaga
Trabalhador (a) rural – 1 vaga
Caseiro (a) – 1 vaga
Coordenador (a) de projetos – 1 vaga
Assistente de vendas – 1 vaga
Atendente de lanchonete – 1 vaga
Serviço PAT Pedreira
Como se candidatar: por telefone ou presencialmente.
Endereço: Rua Miguel Sarkis, 61, Terminal Rodoviário Vereador João Castelo.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Documentos exigidos: Carteira de trabalho, currículo atualizado e documento de identidade.
E-mail: [email protected]
Endereço virtual: página do PAT.
Telefone: (19) 3893-4666.
Serra Negra
A Prefeitura de Serra Negra (SP) informou, por meio de assessoria de imprensa, ter 26 cargos, porém não especificou a quantidade de vagas por ocupação. O balanço considera atualização até sexta-feira (17), às 8h46. Os cargos são:
Ajudante de caminhão
Auxiliar de cozinha/cozinheiro
Auxiliar de limpeza
Camareira
Carpinteiro (a)
Chapeiro (a)
Copeiro (a)
Cumim
Eletricista
Encarregado de loja
Garçom/Garçonete
Jardinagem e serviços gerais
Marceneiro (a)
Montador (a) de móveis
Montador (a) de quadros
Motorista de caminhão
Paneleiro (a)
Passador (a) malharia
Recepcionista em consultório
Salva vidas
Serrador (a)
Serviços gerais
Tecnólogo (a) em gastronomia
Tecnólogo (a) em marketing
Vendas – vaga exclusiva para PCDs
Vendedor (a) loja cosméticos
Serviço PAT Serra Negra
Como se candidatar: presencialmente.
Endereço: Rua José Bonifácio, 283, Centro.
Horário de funcionamento: segunda, quarta e sexta-feira das 9h às 14h.
Documentos exigidos: RG, CPF, Carteira de Trabalho e currículo.
E-mail e site: [email protected]
Telefone: (19) 3842-2514.
Valinhos
A Prefeitura de Valinhos (SP) reúne 109 vagas em 55 ocupações. O balanço da prefeitura considera atualizações até sexta-feira (17), às 9h04. As oportunidades são:
Ajudante geral – 2 vagas
Ajudante geral recicláveis – 1 vaga exclusiva para PDCs
Ajudante geral – 1 vaga
Ajudante de marceneiro – 1 vaga
Ajudante de serviços gerais – 2 vagas
Ajudante de obras – 2 vagas
Analista de programa de melhoria – 1 vaga exclusiva para PDCs
Analista fiscal – 1 vaga
Atendente – 2 vagas
Assistente administrativo – 1 vaga
Assistente administrativo – 1 vaga
Assistente fiscal – 1 vaga
Auxiliar de cozinha – 7 vagas
Auxiliar de enfermagem – 5 vagas
Auxiliar de expedição – 2 vagas
Auxiliar de limpeza – 1 vaga
Auxiliar de manutenção predial – 4 vagas
Auxiliar fiscal – 1 vaga
Caseiro (a) – 1 vaga
Chapeiro (a) – 2 vagas
Churrasqueiro (a) – 2 vagas
Controlador (a) de acesso – 4 vagas
Cozinheiro (a) – 2 vagas
Cuidador (a) de idosos – 1 vaga
Empregado (a) doméstico (a) – 1 vaga
Encanador (a) – 1 vaga
Enfermeiro (a) – 5 vagas
Estoquista – 2 vagas
Faxineiro (a) – 10 vagas
Garçom/garçonete – 2 vagas
Instrutor (a) de musculação – 1 vaga
Mecânico (a) de automóveis – 1 vaga
Mecânico (a) de manutenção industrial – 2 vagas
Misturador (a) de matéria prima – 1 vaga
Monitor (a) de prevenção de perdas – 1 vaga
Motorista de caminhão – 1 vaga
Motorista de micro-ônibus – 3 vagas
Motociclista – 1 vaga
Operador (a) de caixa – 2 vagas
Operador (a) de centro de usinagem – 3 vagas
Operador (a) de corte e solda de embalagens – 1 vaga
Operador (a) de empilhadeira – 3 vagas
Operador (a) de empilhadeira – 1 vaga
Operador (a) de estacionamento – 1 vaga
Operador (a) de máquinas de fabricação de cosmético – 1 vaga
Pedreiro (a) – 1 vaga
Preparador (a) automotivo – 1 vaga
Projetista mecânico – 1 vaga
Recepcionista – 1 vaga
Soldador (a) – 1 vaga
Supervisor (a) de limpeza – 1 vaga
Técnico (a) de enfermagem – 5 vagas
Técnico (a) de informática – 1 vaga
Vigilante – 4 vagas
Zelador (a) – 1 vaga
Serviço PAT Valinhos
Como se candidatar: os interessados devem entrar em contato com a unidade pelo telefone.
Endereço físico: Rua Tomás Antônio Gonzaga, 58, Vila Papelão.
Horário de funcionamento: das 8h30 às 16h30.
Documentos exigidos: segundo a prefeitura, o candidato será informado sobre os documentos necessários durante o atendimento por telefone.
Endereço virtual: as vagas também podem ser consultadas pelo site da prefeitura.
Telefone: (19) 3849-7187.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região
Veja mais oportunidades da região no G1 Campinas

PATs de Piracicaba, Limeira, Nova Odessa e Santa Bárbara oferecem 608 vagas de emprego

0

Há oportunidades para diversas áreas e escolaridades, com cadastros por e-mail. Carteira de trabalho
Divulgação/Prefeitura de Aparecida de Goiânia/Rodrigo Estrela
Piracicaba (SP), Limeira (SP), Nova Odessa (SP) e Santa Bárbara d’Oeste (SP) estão com 608 vagas de emprego e estágio abertas nesta segunda-feira (20). As oportunidades são para diversos setores e escolaridades e incluem chances para pessoas com deficiência (PCDs). Confira a lista de vagas abaixo.
Limeira
Os interessados em se candidatar para qualquer uma das 48 vagas em Limeira devem enviar o currículo para o e-mail de cada oportunidade. Para mais detalhes, acesse o site da prefeitura.
Assistente de vendas;
Assistente administrativo;
Auxiliar de mecânico;
Auxiliar de manutenção industrial;
Auxiliar de limpeza – 2 vagas;
Auxiliar de manutenção;
Ajudante de obras;
Auxiliar de galvanoplastia;
Auxiliar de limpeza;
Auxiliar de cozinha;
Atendente;
Auxiliar de linha de produção;
Coletor de lixo;
Encarregado;
Encanador industrial;
Eletricista auxiliar;
Estampador de tecidos;
Eletricista – 2 vagas;
Engenheiro civil;
Estagiário de pedagogia;
Eletricista de força e controle;
Mãe substituta para ONG;
Mecânico de refrigeração;
Mecânico de caminhões;
Motorista carreteiro;
Motorista de coleta;
Mecânico de ar condicionado;
Ourives;
Operador de galvanoplastia;
Operador de máquinas agrículas;
Operador de refrigeração;
Operador de empilhadeira;
Operador de máquinas CNC laser;
Pedreiro -2 vagas;
Professor de informática;
Social média;
Serralheiro;
Técnico de segurança do trabalho;
Técnico de refrigeração;
Torneiro mecânico;
Vendedor – 4 vagas;
Viveirista.
Nova Odessa
O Posto Local do Trabalho de Nova Odessa está recebendo currículos via e-mail para a seleção de 58 profissionais em 23 áreas. Os interessados devem ter a experiência exigida no perfil da vaga e enviar currículo para o e-mail [email protected], com a especificação da função interessada no título do e-mail.
A entrega do currículo também pode ser feita presencialmente, nos dias úteis, das 8h30às 11h30, na sede da unidade, que funciona na Rodoviária Municipal, localizada na Rua Rio Branco, nº 699, no Centro. O telefone é o (19) 3466-1902.
Ajudante geral;
Ajudante de eletricista;
Analista ou auxiliar financeiro;
Atendente;
Auxiliar de compras;
Auxiliar de logística;
Auxiliar técnico eletricista;
Assistente de vendas;
Caldeireiro e soldador;
Chapeiro;
Eletricista junior;
Eletricista montador senior;
Encanador;
Encarregado de limpeza urbana;
Jardineiro;
Motorista carreteiro;
Operador de loja;
Operador de programador CNC;
Operador de roçadeira;
Tecelão;
Contra mestre;
Operador de tingimento;
Ajudante de produção.
Piracicaba
Em Piracicaba são 58 vagas. Para se candidatar é necessário enviar um e-mail para [email protected] informando a vaga de interesse. É preciso anexar RG e CPF, além dos comprovantes dos requisitos que a vaga exige. Os detalhes podem ser conferidos no painel de vagas.
Açougueiro;
Ajudante de Serralheiro;
Analista de Sistemas;
Assistente de TI;
Atendente de Vendas de Cartão;
Atendente Recepcionista em restaurante;
Auxiliar de Controle de Qualidade;
Auxiliar de cozinha;
Auxiliar de Manutenção – 2 vagas;
Auxiliar de RH;
Auxiliar de Serviços Gerais;
Carpinteiro Auxiliar;
Chefe Administrativo;
Chefe de Seção – 10 vagas;
Chefe de Venda de Cartão;
Coordenador de Manutenção;
Coordenador de Obras;
Coordenador Logístico;
Encarregado de Jardinagem;
Fiscal de Atendimento ao Cliente;
Fiscal de Caixa;
Fiscal de Prevenção de Perdas;
Funileiro;
Mecânico;
Mecânico de Manutenção Hidráulica;
Montador Elétrico com NR 35;
Motorista AD;
Motorista Carreteiro – 4 vagas;
Motorista Entregador;
Nutricionista;
Operador de Centro de Usinagem Vertical e Horizontal;
Operador de Prensa;
Operador de Televendas;
Pedreiro;
Pizzaiolo;
Serralheiro Industrial;
Soldador TIG;
Técnico de Refrigeração;
Torneiro Mecânico Convencional;
Vendedor – 3 vagas;
Cartazista (PCD);
Empacotador (PCD);
Operador de Caixa (PCD).
Santa Bárbara d’Oeste
Em Santa Bárbara d’Oeste, há 444 vagas distribuídas entre 152 cargos. O atendimento é feito por telefone, WhatsApp, e-mail ou presencialmente, mediante agendamento prévio. O telefone e WhatsApp é (19) 3499-1015 e o e-mail é [email protected]
O candidato deve informar dados do RG, CPF e carteira de trabalho.
Acabador gráfico;
Ajudante de cozinha;
Ajudante instalador de vidros;
Atendente de obras;
Ajudante geral;
Auxiliar de corte;
Auxiliar de limpeza;
Auxiliar de limpeza;
Auxiliar de produção;
Camareira;
Caldeireiro Sênior;
Carpinteiro;
Chefe de cozinha;
Contramestre;
Cortador;
Costureira;
Encanador;
Engrupador;
Marceneiro;
Moldador;
Motorista;
Motorista carreteiro;
Operador de roçadeira;
Operador de oxicorte;
Operador de retroescavadeira;
Operador de torno CNC;
Operador de torno Convencional;
Pedreiro;
Serralheiro;
Soldador sênior;
Soldador;
Tecelão;
Televendas;
Urditriz;
Açougueiro;
Carpinteiro;
Encanador industrial;
Marmorista;
Meio oficial de caldeiraria;
Meio oficial de cozinha;
Montador de extintor;
Operador de prensa;
Pizzaiolo;
Rebarbador;
Retificador;
Serralheiro industrial;
Serviços gerais;
Tecelão;
Agente de turismo;
Ajudante de obras;
Ajustador mecânico;
Analista de Google ADS;
Atendente de vendas (cartão);
Auxiliar de açougue;
Auxiliar de cozinha;
Auxiliar de produção;
Auxiliar de qualidade;
Auxiliar de retorção;
Auxiliar de serralheria;
Auxiliar de laborista;
Caldeireiro;
Cortador;
Costureira;
Cozinheiro;
Empacotador;
Encarregado de loja;
Estampador de pano;
Ferramenteiro;
Fiscal de caixa;
Fresador;
Fresador;
Gerente de restaurante;
Gerente de vendas;
Jovem aprendiz;
Mecânico auxiliar;
Meio oficial de marcenaria;
Meio oficial serralheiro;
Montador de móveis;
Operador de televendas;
Operador corte vinco;
Operador de atendimento;
Operador de dobra CNC;
Operador de montagem;
Redator marketing de conteúdo;
Repositor de mercearia;
Retificador;
Serralheiro;
Subchefe;
Supervisor de limpeza;
Tecelão;
Técnico em informática;
Técnico de manutenção residencial;
Torneiro;
Vendedor;
Ajudante de mecânico diesel: curso de mecânica;
Auxiliar de laboratório: curso de laboratório;
Auxiliar de mecânico de manutenção: curso na área;
Desenhista mecânico: curso técnico em mecânica, desenho técnico Solidworks;
Eletricista: curso de NR10;
Fresador/ Mecânico: curso na área de usinagem;
Mecânico industrial Sênior: curso de NR10;
Mecânico de empilhadeiras: curso de operador de empilhadeiras;
Mecânico de manutenção: curso na área, Mecânico diesel: curso na área;
Motorista de micro ônibus: curso de transporte de passageiro;
Motorista de ônibus: curso de transporte de passageiros;
Operador de empilhadeira: curso de empilhadeira;
Operador programador de centro de usinagem: curso na área;
Operador de empilhadeira: curso de NR11;
Operador de Torno CNC: curso de programação de CNC;
Operador logístico: curso na área;
Operador de escavadeira: curso de retroescavadeira ou pá carregadeira;
Orçamentista civil: curso técnico de edificações;
Programador de centro de usinagem: curso na área;
Técnico em segurança do trabalho: curso na área;
Técnico de telecomunicações: curso técnico em telecomunicações;
Técnico de manutenção: curso na área;
Técnico de redes: técnico em eletrônica, elétrica, telecomunicações, mecatrônica ou informática;
Técnico em segurança do trabalho: curso técnico em segurança do trabalho;
Torneiro mecânico: curso na área;
Torneiro/ Fresador: curso usinagem;
Torneiro mecânico convencional: curso de leitura e interpretação;
Torneiro de lixa: Curso de leitura e interpretação de desenhos
Torneiro mecânico: curso na área;
Tosador: curso de banho e tosa;
Analista de mídia performance;
Analista de mídias sociais;
Analista de recursos Humanos;
Assistente de marketing;
Assistente Social;
Auxiliar contábil;
Auxiliar de departamento contábil;
Auxiliar de departamento fiscal;
Auxiliar de departamento pessoal;
Auxiliar de TI;
Educador social;
Estagiária de marketing;
Estagiária em Nutrição;
Estagiário de contabilidade;
Estagiário de engenharia civil;
Estagiário de marketing;
Estagiária em engenharia mecânica;
Estagiário SRD;
Fonoaudióloga;
Projetista;
Psicólogo;
Terapeuta ocupacional;
Atendente de vendas (PCD);
Auxiliar de açougue (PCD);
Empacotador (PCD);
Fiscal de caixa (PCD);
Operador de televendas (PCD);
Repositor de mercearia.
VÍDEOS: Veja reportagens sobre a região
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba.

Os fatores que fazem disparar risco de apagão no Brasil

0

Reservatórios das regiões Sudeste e Sul estão abaixo do nível de 2001, ano do racionamento. Maior hidrelétrica do subsistema Sudeste, reservatório de Furnas está com 15% da sua capacidade
Reuters
Após sucessivos anos de poucas chuvas, os reservatórios das hidrelétricas brasileiras nas regiões Sudeste e Sul chegaram ao mês de setembro em seu pior nível histórico, abaixo mesmo do patamar de 2001, quando o país enfrentou um severo racionamento de energia.
Para especialistas ouvidos pela BBC News Brasil, esse cenário torna elevado o risco de apagões (interrupções temporárias localizadas de fornecimento), ainda mais em momentos de picos de consumo, que ficam mais frequentes com a volta do calor.
Enquanto no inverno o auge do consumo de energia se concentra no início da noite, quando escurece, com a chegada da primavera a demanda fica maior também de tarde, devido ao aumento do uso de ar condicionado.
Como será a primavera 2021? Chuvas não vão encher reservatórios
Crise hídrica ameaça ‘controle técnico’ e pode expor sistema elétrico a falhas, apontam especialistas
Conta de luz está cada vez mais cara – entenda por que ela sobe e quais os problemas dessa escalada de preços
Os dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) mostram que esse fenômeno já começou a ocorrer a partir do final de agosto. Na semana passada, o consumo de energia entre 15h e 16h chegou a superar a demanda da noite nos dias 13 e 14 de setembro.
O risco de apagões é considerado alto porque o sistema já está operando no limite, com o acionamento de mais térmicas para compensar a quantidade menor de energia gerada nas hidrelétricas e uso intenso das linhas de transmissão, que permitem levar energia de regiões em que a oferta está menos apertada para outras em situação mais crítica. Dessa forma, a interrupção de abastecimento pode ocorrer tanto da geração insuficiente, como da falha em algum ponto do sistema, explica o meteorologista da Climatempo Filipe Pungirum.
“Apagões são prováveis. Hoje, estamos com pouca folga no despacho de energia, justamente por estarmos usando próximo ao máximo das linhas que temos para transmitir energia no país”, ressalta.
“Então, se algum problema causar interrupção numa linha de transmissão, como não há redundância (espaço disponível em outra linha) nesse transporte de energia, consequentemente alguns apagões poderão ocorrer, principalmente nos momentos de picos de carga, em que a população consome mais energia”, acrescenta.
O risco também é apontado por Ana Carla Petti, presidente da consultoria MegaWhat.
“Apesar das medidas do governo, o risco de apagão permanece para o atendimento à carga de ponta, aquele momento do dia em que a sociedade consome mais energia elétrica. Esse momento de ponta tem ocorrido na parte da tarde, por conta de temperatura, uso de ar condicionado, e vai até o início da noite, por volta de 18h. Principalmente o mercado Sudeste tem esse comportamento característico”, nota ela.
“Como as termelétricas já estão praticamente todas despachadas, ou seja, tudo que tem disponível está gerando, esse atendimento de ponta deveria ser feito por uma geração hidrelétrica maior, a aí pode ser que em algum momento a gente não tenha água suficiente para poder atender essa demanda de ponta, porque os reservatórios já estão muito baixo. Existem níveis (mínimos dos reservatórios) de segurança de operação das próprias máquinas”, explica.
Na noite de sábado (18), um apagão de cerca de uma hora atingiu dezenas de cidades de Minas Gerais e Rio de Janeiro, em especial na Zona da Mata e na Região dos Lagos. Segundo nota do ONS, a interrupção foi causada por uma falha em uma subestação de Furnas.
“O ONS avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos. Vale ressaltar que o episódio não tem relação com a crise hídrica do país”, diz ainda o comunicado.
Reservatórios do Sistema Cantareira, em São Paulo, operam em estado de alerta há 50 dias
Reservatórios com 18% da capacidade no Sudeste
A crise hídrica é considerada a pior em 91 anos, segundo especialistas e o próprio Ministério de Minas e Energia. A situação é especialmente grave no Sudeste, a região que responde por 70% da energia produzida no país.
Segundo dados do ONS, o volume útil — quantidade de água que pode ser usada para geração de energia — dos reservatórios que integram o subsistema das regiões Sudeste e Centro-Oeste está em apenas 18% da sua capacidade máxima, segundo o boletim de sábado (18/09). É o pior resultado já registrado para setembro. Um ano atrás, o volume útil desse subsistema era de 32,9%, quase o dobro do atual.
Já em setembro de 2001, quando o governo teve que impor medidas drásticas de racionamento à população e a empresas para reduzir a demanda, a capacidade dos reservatórios estava em 20,7%. Naquele ano, consumidores que ultrapassassem determinado patamar de consumo de energia tinham que pagar multas, e até a iluminação pública nas ruas foi reduzida em diversos estados.
A situação também é preocupante no subsistema Sul, em que os reservatórios estão com capacidade média de 30%. Já no Nordeste e Norte o cenário é mais confortável (44% e 64,5%, respectivamente).
A expectativa é que os reservatórios devem continuar secando até novembro, quando começa a temporada de chuvas na maior parte do país.
Durante audiência pública na Câmara dos Deputados no final de junho, o diretor-geral do ONS, Luiz Carlos Ciocchi, disse que os reservatórios do subsistema Sudeste e Centro-Oeste devem chegar, em média, a 10% da sua capacidade em novembro com as medidas adotadas pelo governo para estimular a redução de consumo e usar outras fontes de energia, nível que ainda seria suficiente para as hidrelétricas seguirem operando.
Com a volta da temporada chuvosa, os reservatórios devem voltar a subir no final do ano, mas a projeção de meteorologistas é que a quantidade de chuva deve ficar novamente abaixo da média histórica, sendo insuficiente para uma recuperação satisfatória.
A mudança climática aumenta o risco de clima quente e seco. Nem todas as secas se devem às mudanças climáticas, mas ambientalistas apontam que o excesso de calor na atmosfera está tirando mais umidade da terra e piorando as secas.
A economista e professora do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (USP), Virginia Parente, explica que os reservatórios das hidrelétricas brasileiras foram projetados para aguentar alguns anos de chuvas abaixo da média. O problema, diz, é que as secas têm sido muito severas, ao mesmo tempo que o consumo de energia e água no país cresceu muito ao longo das décadas.
ONS afirma que apagão em cidades do RJ e MG não tem relação com crise hídrica
Diferenças em relação a 2001
Se a situação é pior que há duas décadas, por que, ao menos por enquanto, não houve um racionamento da mesma dimensão daquele ano?
Após a crise de 2001, o país adotou medidas para reduzir esse risco, como aumentar a conexão do sistema com mais linhas de transmissão. Isso permite distribuir melhor a energia de uma região que esteja com mais oferta para outra, em que a geração esteja insuficiente. Além disso, também houve aumento da oferta de outros tipos de eletricidade, com mais geração de energia térmica, solar e eólica.
Hoje, os mercados do Sudeste, Centro-Oeste e Sul, em que a situação é mais crítica, estão sendo em parte abastecidos por energia produzida no Nordeste, onde os reservatórios das hidrelétricas estão mais cheios e há também geração relevante de energia eólica.
A situação, porém, não é confortável porque, ao mesmo tempo que ampliou-se a geração e a transmissão de energia no país, também houve aumento do consumo nas últimas duas décadas, destaca Filipe Pungirum.
Governo deveria ter adotado racionamento?
O baixo nível dos reservatórios é especialmente preocupante porque as hidrelétricas representam 65% da capacidade de geração de energia do país. Por isso, o governo já adotou uma série de medidas para tentar reduzir a demanda e, ao mesmo tempo, aumentar a oferta de outras fontes geradoras — ações que alguns especialistas ainda consideram insuficientes.
Uma dessas medidas foi o aumento do uso de térmicas — como o custo delas é maior que das hidrelétricas, isso aumentou a conta de luz no país, o que acaba tendo o efeito de desestimular o consumo. Segundo o IPCA, principal índice de preços do IBGE, a conta de luz ficou em média 21% mais cara no país nos últimos 12 meses encerrados em agosto, mais que o dobro da inflação geral (9,68%).
Além disso, o Ministério de Minas e Energia também lançou a partir deste mês um programa de desconto na conta de luz para quem reduzir seu consumo, com objetivo de provocar uma redução de 15% na demanda entre setembro e dezembro.
Também foi editado um decreto em agosto com ações para os órgãos públicos federais consumirem de 10% a 20% menos energia de setembro a abril de 2022. Outra providência foi aumentar a importação de energia da Argentina e do Uruguai.
Para o engenheiro Edvaldo Santana, diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) entre 2005 e 2013, o governo deveria ter feito mais, adotando uma estratégia de racionamento a partir de julho para evitar os riscos de apagões agora. Na sua visão, isso não foi feito por temor do impacto eleitoral da medida.
“Desde que o PSDB perdeu a eleição (de 2002 para o PT) por causa do racionamento (no governo Fernando Henrique Cardoso), os governos consideram melhor o consumidor gastar mais (com energia das térmicas) do que fazer um racionamento”, ressalta.
“O racionamento não sai em menos de 60 dias. Primeiro tem que planejar, depois as pessoas têm que entender (como funciona). Como a temporada seca está terminando, não faz mais sentido fazer. Agora é esperar o que vai acontecer”, disse ainda.
Já a professora da USP Virginia Parente diz que o governo falha em não fazer campanhas maiores para conscientizar a população a economizar energia e luz, ou em estabelecer melhores acordos bilaterais para uso de energia dos países vizinhos. Ela discorda, porém, que deveria ter sido feito um racionamento antes.
“O racionamento tem um custo muito grande, causa sofrimento e desemprego. Se uma fábrica só vai poder gastar 80% ou 70% da energia, por exemplo, ela vai dispensar os funcionários parte dos dias e vai produzir menos, vender menos”, nota ela.
“A empresa vai então negociar para reduzir o salário dos funcionários, eles vão ter menos grana pra comprar outros produtos, as outras empresas vão vender menos pra eles e o PIB do Brasil vai afundar”, reforça.
Por outro lado, a professora lembra que apagões, ainda que localizados em apenas algumas partes do país, também podem causar grandes prejuízos.
“Os momentos de pico de consumo são perigosos, com maior probabilidade de ter apaguinhos de durações variadas. A gente corre esse risco e é bem grave, porque se você estiver em casa trabalhando no seu computador, a bateria aguenta um tempo. Mas, se você for uma indústria de cerâmica que precisa apagar seu forno, você estraga toda a produção do dia. Pequenos apaguinhos da indústria podem fazer grandes estragos”, nota ela.

Mercados asiáticos fecham em queda pressionado por crise da Evergrande e com feriados na região

0

Ações da incorporadora China Evergrande despencaram mais de 10%. As ações asiáticas recuaram nesta segunda-feira (20), no início de uma semana cheia de reuniões de bancos centrais no mundo, com o tombo da incorporadora China Evergrande derrubando o mercado de Hong Kong para uma mínima em quase um ano.
Feriados no Japão, China e Coreia do Sul mantiveram os volumes de negociação baixos. O índice Hang Seng de Hong Kong recuou 3,3%.
As ações da China Evergrande despencaram mais de 10% depois de chegarem a cair até 19%, para mínimas em 11 anos. Suas unidades listadas também recuaram, com os investidores preocupados sobre a capacidade da empresa de pagar uma pequena fatia de sua dívida de US$ 305 bilhões que vence a quinta-feira.
A Evergrande está passando por uma crise de liquidez. A empresa disse em uma postagem do WeChat datada de sábado que os investidores interessados ​​em resgatar produtos de gestão de fortunas com ativos físicos devem entrar em contato com seus consultores de investimento ou visitar escritórios locais.
Prédio da incorporadora Evergrande no centro de Hong Kong, em imagem de arquivo
Bobby Yip/Reuters
O índice da MSCI de ações da Ásia-Pacífico fora do Japão chegou a cair 1,8%, para o nível mais baixo desde 24 de agosto, enquanto as ações na Austrália perderam 2%.
“Faz parte de uma correção que de certa forma já deveria ter acontecido, e reflete parcialmente as incertezas sobre as perspectivas de crescimento”, disse Shane Oliver, chefe de estratégia de investimento da AMP Capital.
A semana terá decisões de política monetária nos Estados Unidos, Japão, Suíça, Suécia, Brasil, África do Sul, Turquia e Hungria, entre outros.
Veja o fechamento dos mercados asiáticos:
Em TÓQUIO, o índice Nikkei permaneceu fechado.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 3,30%, a 24.099 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC não abriu.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não operou.
Em SEUL, o índice KOSPI ficou fechado
Em TAIWAN, o índice TAIEX não abriu.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,96%, a 3.041 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 2,10%, a 7.248 pontos.

Datafolha: para 69% dos brasileiros, situação econômica do país piorou

0

A pesquisa foi feita presencialmente, de 13 a 15 de setembro, com 3.667 brasileiros em 190 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Uma pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta que, para 69% dos brasileiros, a situação econômica do país piorou nos últimos meses. Já 20% disseram que melhorou, e 11% afirmaram que ficou como estava.
Veja o resultado
Nos últimos meses, a situação econômica do país melhorou, piorou ou ficou como estava?
Melhorou: 20%
Ficou como estava: 11%
Piorou: 69%
A pesquisa foi feita presencialmente, de 13 a 15 de setembro, com 3.667 brasileiros em 190 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Segundo o jornal, a parcela de brasileiros que acha que a situação econômica piorou está próxima dos maiores patamares já registrados nas pesquisas em que esse questionamento foi feito.
Em 2015, quando a presidente era Dilma Rousseff (PT), este número era de 82%. Em 2018, quando o país era governado por Michel Temer (MDB), o número era de 72%. No atual governo de Jair Bolsonaro (sem partido), a pergunta foi feita agora, em setembro de 2021, e nas pesquisas de 2019, quando o resultado ficou em torno de 35%.
Na pesquisa atual, o Datafolha aponta que a opinião negativa prevalece mesmo entre apoiadores do governo: para 31%, a economia melhorou, e, para 36%, piorou. Para 32%, ficou como estava.
A avaliação negativa cai conforme aumenta a renda do entrevistado. O índice é de 70% na faixa de até dois salários mínimos e de 62% na faixa acima de dez salários mínimos.
Além disso, a situação econômica piorou para 74% das mulheres e 62% dos homens; cerca de 70% das pessoas de 16 a 44 anos e 65% dos entrevistados acima dessa faixa etária; e para 62% dos evangélicos e 71% dos católicos.
Próximos meses
Os entrevistados também foram perguntados se, nos próximos meses, a situação econômica do país vai melhorar, piorar ou ficar como está. Para 39%, vai piorar. Já 28% responderam que vai melhorar, e 30% afirmam que a situação vai continuar a mesma.
LEIA TAMBÉM
Metade dos brasileiros diz que há chance de Bolsonaro dar golpe, e 70% acreditam que democracia é o melhor para o país
Para 76%, Bolsonaro deve sofrer impeachment se desobedecer a Justiça

Prefeitura de Jundiaí abre inscrições para escolas da rede municipal

0

Pais/responsáveis devem se dirigir à unidade escolar mais próxima de suas residências, com os documentos necessários. Prefeitura de Jundiaí abre inscrições para escolas da rede municipal
Reprodução/TV TEM
A Prefeitura de Jundiaí (SP) abre nesta segunda-feira (20) as inscrições para as escolas da rede municipal de ensino.
Na educação infantil (pré-escola), são crianças de quatro a cinco anos completos ou a completar até 31 de março de 2022. Já no ensino fundamental, são crianças a partir de seis anos de idade completos ou a completar até 31 de março de 2022.
As inscrições seguem até o dia 30 de setembro. É preciso apresentar os seguintes documentos (originais e cópia simples):
Certidão de nascimento da criança ou Termo de Guarda e Responsabilidade (quando pertinente);
RG e CPF dos pais/responsáveis;
Comprovante de residência no município de Jundiaí, emitido nos últimos 60 (sessenta) dias (conta de água, luz, gás ou telefone) ou documento comprobatório, com reconhecimento de firma (ambos em nome dos pais ou responsáveis legais);
Carteira de vacinação da criança ou documento equivalente emitido pelas Unidades Básicas de Saúde;
1 foto 3 x 4 da criança.
Para fazer a inscrição, os pais/responsáveis devem se dirigir à unidade escolar mais próxima de suas residências, com os documentos listados acima.
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Obra suspende abastecimento de água em 13 bairros de Campinas nesta terça; veja lista

0

Segundo a Sanasa, motivo dos reparos é a melhoria no sistema de distribuição na região da Vila Padre Anchieta. Obra da Sanasa interrompe fornecimento de água em bairros de Campinas nesta quinta (3)
Reprodução/EPTV
Uma obra da Sanasa, companhia responsável pelo saneamento de Campinas (SP), vai interromper, nesta terça-feira (21), o fornecimento de água em 13 bairros da região da Vila Padre Anchieta. A suspensão acontece entre 8h e 12h. Veja a lista:
Vila dos Sargentos;
CDHU (Padre Anchieta);
Chácara Três Marias;
Chácara Anhanguera;
Núcleo Residencial São Geraldo;
Núcleo Residencial Vila Independência;
Núcleo Residencial Sete de Setembro;
Jardim Rosália;
Conjunto Residencial Parque da Família;
Núcleo Residencial Beira Rio;
Núcleo Residencial Rosália;
Conjunto Habitacional Parque das Constelações;
Núcleo Residencial Vila Francisca.
De acordo com a empresa, será realizada a substituição de um macromedidor na estação de distribuição do bairro Vila Padre Anchieta. A companhia recomenda que moradores dessas localidades façam a reserva antecipada para não faltar água.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região em G1 Campinas.

Prefeitura de São Manuel realiza processo seletivo para assistente social e psicólogo

0

Contratação dos profissionais é para projeto de enfrentamento do luto de pessoas que perderam parentes para Covid-19. Interessados podem se inscrever até domingo (26). Projeto ajuda no enfrentamento do luto por mortes de parentes pela Covid-19
Bruno Kelly/Reuters/Arquivo
A prefeitura de São Manuel abriu um processo seletivo para contratação temporária de dois assistentes sociais e dois psicólogos.
As inscrições podem ser feitas até domingo (26) pela internet. As inscrições são gratuitas e a aplicação das provas para ambos os profissionais está prevista para acontecer no dia 10 de outubro
A contratação temporária é para atuação no Projeto Enfrentar que foi lançado pela prefeitura para prestar apoio psicossocial às pessoas que perderam parentes para a Covid-19.
“Prestar assistência à estas famílias é mais do que o nosso dever, é assegurar a essas quase 150 famílias condição de vivenciarem adequadamente seus lutos e enfrentarem a continuidade de suas vidas, mesmo sem a presença de seus entes tão queridos que se foram”, ressalta a diretora de Promoção Social, Lílian Tedesco Fusco, idealizadora do projeto.
A iniciativa será realizada ao longo de 12 meses através de visitas domiciliares a cada uma das cerca de 150 famílias com registros de óbitos por Covid-19.
As visitas serão promovidas sempre por um assistente social e um psicólogo que, conjuntamente, reconhecerão as demandas específicas de cada família e atuarão, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e com o apoio da Rede Municipal de Serviços com intervenções e encaminhamentos de acordo com as especificidades de cada núcleo familiar.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Franca registra uma morte e 83 novos casos de Covid-19; ocupação de UTIs é de 52,1%

0

Cidade chegou a 975 óbitos e a 43.620 infectados desde o início da pandemia. São 37 pacientes internados em estado grave em 71 vagas. Franca (SP) não registra mortes por Covid
Jefferson Severiano Neves/EPTV
Depois de três dias consecutivos sem mortes, Franca (SP) confirmou no domingo (19) um novo óbito causado pela Covid-19 e mais 83 pessoas infectadas pela doença.
De acordo com o boletim epidemiológico, a cidade agora totaliza 975 mortes e 43.620 infectados desde o início da pandemia.
O número de casos suspeitos permanece o mesmo do balanço anterior, com 4.525. A cidade ainda totaliza 76.188 exames negativos de coronavírus e 37.503 moradores curados.
Situação dos hospitais
A ocupação nas unidades de terapia intensiva (UTI) no domingo subiu de 46,5% para 52,1%, com 37 internados em 71 vagas.
UTI pública: 58 vagas / 29 internados: 50% de ocupação
UTI particular: 13 vagas / 8 internados: 61,5% de ocupação
Nas enfermarias, a ocupação é de 48%, com 12 pacientes internados em 25 vagas.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre Franca e região

Dia do Baterista: menina de 8 anos se dedica ao instrumento e quer levar o Brasil para o mundo: ‘Meu sonho é ser a melhor’

0

Beatriz da Silva Ferreira, conhecida como ‘Bibi na batera’, tem oito anos, mora em Sorocaba (SP) e está conquistando seguidores pelo mundo da música. Fã de rock, garota já tocou com bateristas consagrados e participou de show dos Raimundos. Dia do Baterista: ‘Bibi na batera’ sonha em levar o Brasil para o mundo
Bibi na batera/Arquivo pessoal
Em comemoração ao Dia do Baterista, comemorado nesta segunda-feira (20), o G1 conversou com a ‘Bibi na batera’, apaixonada por música e que toca o instrumento desde os quatro anos. Hoje, Beatriz da Silva Ferreira, moradora de Sorocaba (SP), tem oito anos e está conquistando fãs pelo mundo.
A pequena teve o primeiro contato com a bateria em um evento que aconteceu em Votorantim (SP), quando a baterista de uma banda feminina deixou Bibi tocar o instrumento. Desde então, a paixão só aumentou.
O pai da Bibi, Ailson Ferreira, conta que ninguém da família é músico. No entanto, ao demonstrar interesse pelo instrumento, Beatriz sempre foi incentivada pelos pais a tocar bateria.
A baterista mirim gravou um vídeo exclusivo para este dia, tocando a música ‘Duality’ do Slipknot, uma de suas bandas preferidas (confira abaixo).
Dia do Baterista: ‘Bibi na batera’ sonha em levar o Brasil para o mundo
“É uma emoção difícil de explicar, você vê uma criança de quatro anos pedir um instrumento e você acha estranho, porque eu não sou músico. Você vê o amor dela, o quanto ela se dedica e tem um talento fora do comum”, comenta Ailson.
Em 2018, o G1 mostrou a baterista mirim, quando tinha 5 anos. Ela já começava a fazer suas apresentações em seu quarto, para os bichos de pelúcia, e também para os amigos em praças.
A pequena conta que toca uma hora por dia, porque o resto do tempo é dividido entre as tarefas da escola, desenhos animados e brincadeiras. Bibi fala que sonha em trabalhar como baterista quando crescer, mas também quer ser veterinária, pianista e nadadora.
“Meu sonho é ser a melhor baterista do mundo, porque eu quero muito isso desde a primeira vez que eu toquei o instrumento. Eu acho muito bonito, sinto muita emoção quando estou tocando”, revela Bibi.
Ovacionada em show de rock
Atualmente, Beatriz toca 75 músicas na bateria e o estilo preferido dela é o rock n’ roll, mas a pequena diz que também outros estilos, incluindo reggae, samba, pop, k-pop, funky americano e heavy metal.
Com toda sua dedicação e talento, Bibi chegou a conhecer grandes bateristas nacionais, como Caio Cunha, Bacalhau e Aquiles Priester. Em 2019, a menina foi ovacionada ao tocar a música ‘Mulher de Fases’ junto da banda Raimundos, após ser convidada por Cunha.
Dia do Baterista: ‘Bibi na batera’ sonha em levar o Brasil para o mundo
Bibi na batera/Arquivo pessoal
“Foi um dia muito especial, é muito importante um baterista como o Caio Cunha estar apoiando esta nova geração. Foi algo incrível da parte dele como profissional, como ser humano e como músico”, diz Ailson.
Além dos Raimundos, Beatriz também tocou com Bacalhau durante um programa de televisão. A menina ainda participou do concurso internacional Hit Like a Girl. Na competição, Bibi ficou em terceiro lugar na categoria até 17 anos da América Latina, além de conquistar o quarto lugar na categoria mundial até 13 anos.
“Eu quero mostrar o Brasil para o mundo e viajar pelo mundo inteiro”, relata Bibi.
Em suas redes sociais, Beatriz também faz lives com músicos de todo o mundo. Na internet, a menina ainda ensina suas técnicas para os fãs.
Segundo o pai, um fã americano a presenteou com diversos equipamentos para montar o estúdio de gravações, incluindo câmeras, microfone profissional e mesa de edição.
O pai de Bibi também revela que a menina tem inspirado muitas pessoas, incluindo adultos e crianças. Assim, Beatriz ensina suas técnicas musicais em lives na internet. “Ela dá as aulas dela e as pessoas ficam de cara”, revela Ailson.
Orgulho da família
A primeira bateria da menina foi construída pelo pai, que é metalúrgico. Ele usou baldes e panelas para que Bibi pudesse batucar. Em seguida, os utensílios deram lugar a um instrumento de verdade.
Dia do Baterista: ‘Bibi na batera’ sonha em levar o Brasil para o mundo
Mj Neto Fotgrafia/Divulgação
Ao falar emocionado sobre o talento da filha, Ailson conta que o sonho dele é que a menina ganhe reconhecimento de todo o público. O pai de Bibi ainda dedica todo o tempo para cuidar das redes sociais da pequena, que tem mais de 40 mil seguidores.
Além da bateria, Beatriz também começou a fazer aulas de piano há três meses. Segundo o pai, o novo instrumento também está ajudando a menina a se desenvolver ainda mais como baterista.
“É uma alegria tão grande ver um talento nato deste, a única coisa que resume é a mão de Deus, eu não posso fingir que não enxergo. A Bibi é nossa, representa o Brasil no mundo, o que ela mais precisa é do carinho do povo neste momento”, afirma Ailson.
Rosângela, a mãe de Bibi, também sente muito orgulho da filha e sempre está incentivando a menina a tocar. Junto do pai, ela ainda ajuda a carregar a bateria para os eventos e desmonta todos os equipamentos da pequena após as apresentações.
Inspirações
A pequena baterista conta que tem muitas inspirações no mundo da música, além de Caio Cunha, Bacalhau e Aquiles Priester, o professor de bateria da Bibi, Fábio Amaro, também faz parte desta lista.
Dia do Baterista: ‘Bibi na batera’ sonha em levar o Brasil para o mundo
Bibi na batera/Arquivo pessoal
“Ele [Fábio] se dedica muito, ele faz de tudo para ela ter esta interação com o público, para ela ter intimidade em tocar ao vivo. Isso fortalece muito as apresentações dela na televisão. Ele ama a Bibi de paixão e faz de tudo por ela, ele também é um excelente baterista”, conta Ailson.
De acordo com Bibi, o professor de bateria a acompanha em programas de auditório. Em uma das vezes, Fábio desmontou o instrumento para levar em uma apresentação enquanto o pai dela estava trabalhando.
“Eu agradeço o Caio Cunha pelo carinho, pelo apoio, por ter me incentivado a ser um monte de coisa. Eu agradeço o Aquiles Priest por ter corrigido a minha técnica de mão e por me ensinar, ele até me deu um disco. Eu também agradeço o Bacalhau por tudo o que ele fez, eu sou muito agradecida por ter esse tiozão baterista”, diz Bibi.
“Se dediquem, treinem bastante. Não é fácil, mas também não é difícil, só tem que se dedicar e querer tocar. Eu quero que todos os bateristas tenham muita saúde, paz e alegria. Que eles sejam felizes e acreditem em seus sonhos”, finaliza.
* Colaborou sob supervisão de Eduardo Ribeiro Jr.
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí