Início Site

Tempestade de inverno no leste dos EUA causa quedas de energia e adiamento de voos

0

Ao menos 235 mil pessoas ficaram sem energia no sudeste dos Estados Unidos e 2.900 voos domésticos e internacionais foram cancelados. Caminhão do Departamento de Transporte da Carolina do Sul percorre avenida após tempestade de neve
Sean Rayford/Getty Images North America via AFP
Milhões de americanos foram afetados neste domingo (16) por uma enorme tempestade que está atingindo com neve e gelo o leste dos Estados Unidos. A situação causou quedas de energia, transtornos nas estradas e suspensões de voos.
Compartilhe essa notícia no WhatsApp
Compartilhe essa notícia no Telegram
“Uma grande tempestade de inverno atingirá o leste dos Estados Unidos entre domingo e segunda-feira”, alertou o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês).
Segundo o NWS, até 30 centímetros de neve podem cair em uma área que se estende do Tennessee à Geórgia, a sudeste, até os estados de Vermont e Nova York, a nordeste. O órgão informou que os ventos podem alcançar velocidades de furacão sobre a costa do Atlântico.
Meios de transportes sofreram interrupções. Milhares de voos foram cancelados e uma parte da rodovia interestadual I95 na Carolina do Norte foi fechada. Os motoristas foram avisados sobre “condições perigosas nas estradas” e congestionamentos.
Cerca de 2.900 voos domésticos e internacionais foram cancelados até o meio-dia de domingo, segundo o site FlightAware, e outros 2.400 foram adiados.
Coberta de cinzas após erupção de vulcão, ilha de Tonga ‘parece superfície da Lua’, dizem moradores
FBI identifica homem que fez reféns em sinagoga nos EUA; Biden diz que incidente foi ‘ato de terror’
Pessoas caminham no National Mall, em Washington, D.C., durante tempestade de inverno
Stefani Reynolds/AFP
“O ar ártico, já presente no centro e leste dos Estados Unidos, vai se combinar com esse sistema dinâmico para criar uma espessa camada de mais de 30 centímetros de neve”, explicou o NWS.
A Flórida, a sudeste, geralmente com bom tempo, foi afetada por vários tornados e queda de neve, causados pela tempestade que também gerou danos materiais e inundações costeiras neste domingo, segundo o canal do clima.
O alerta de inverno preocupa mais de 80 milhões de pessoas, segundo a imprensa americana. Pelo menos 235 mil pessoas ficaram sem energia no sudeste, incluindo 150 mil nos estados da Carolina do Norte e Carolina do Sul, de acordo com o portal PowerOutage.us.
Os governadores de Geórgia, um dos estados mais afetados, Virgínia e Carolina do Norte declararam estado de emergência desde sexta-feira (14).
No nordeste dos Estados Unidos, centenas de motoristas permaneceram bloqueados por quase 20 horas em um grande eixo de conexão com a capital, Washington.

Coberta de cinzas após erupção de vulcão, ilha de Tonga ‘parece superfície da Lua’, dizem moradores

0

Cinzas, inundações causadas por tsunami e blecaute de energia e comunicações afetam a ilha principal, e preocupação é com ilhas menores que podem ter ficado completamente submersas. Foto da nuvem de cinzas um dia antes da grande erupção deste sábado; Tonga foi afetada pelos dejetos do vulcão e pelas ondas causadas por sua erupção
Tonga Geological Services
A grande erupção vulcânica perto da ilha de Tonga no sábado (15/1) provocou ondas de tsunami, uma nuvem de cinzas e um blecaute na luz, na internet e nas telecomunicações da pequena ilha no Pacífico.
Um dia depois do pico das erupções, a estimativa é de que o número de afetados chegue a 80 mil pessoas (a ampla maioria da população de 105 mil), segundo as sociedades da Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC, na sigla em inglês) disseram à BBC.
Por enquanto, não foi reportada nenhuma morte. Mas as informações, fotos e relatos vindos da ilha ainda são escassos, e a Nova Zelândia e a Austrália planejam enviar voos de reconhecimento à região, para ajudar a dimensionar os danos.
Imagem de satélite mostra erupção submarina em Tonga em 15 de janeiro de 2022
Cortesia/Serviço Meteorológico de Tonga
O tsunami “foi um choque para as pessoas, então de fato temos alguma preocupação com as ilhas mais distantes e estamos tentando fazer contato com as pessoas”, diz Katie Greenwood, integrante da IFRC em Fiji, agregando que Tonga precisará de ajuda com urgência.
“Suspeitamos que até 80 mil pessoas em Tonga tenham sido afetadas, seja pela erupção em si ou pelas ondas e inundações resultantes da erupção.”
A erupção do vulcão submarino fez subir uma nuvem de cinzas ao céu e gerou ondas de até 1,2 metro. Foi uma erupção tão forte que pôde ser ouvida até na Nova Zelândia, a mais de 2,3 mil quilômetros de distância dali.
Moradores locais que conseguiram se comunicar com o exterior disseram que a ilha se parece à “superfície da Lua”, coberta com uma camada de cinzas vulcânicas, e máscaras faciais se tornaram importantes para prevenir a inalação dessas partículas.
A preocupação é que as cinzas parecem estar contaminando os reservatórios de água – portanto, água potável é uma das principais necessidades no momento em Tonga, afirmou neste domingo a premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern.
A premiê neozelandesa afirmou ter recebido informações sobre danos significativos à capital de Tonga, causados sobretudo pelo tsunami. Agora, disse Ardern, a situação está mais calma e a luz começava a ser reestabelecida em partes da ilha, mas ainda não se sabe muito a respeito das pessoas que moram nas ilhas menores – algumas delas são bem próximas ao vulcão, e imagens de satélite mostram que algumas ficaram completamente inundadas.
As cinzas que pairam no ar ainda impedem uma visualização clara da região, mas a Nova Zelândia espera enviar um avião militar a esses locais nesta segunda-feira (17/1).
Moradores da Nova Zelândia e Austrália que têm parentes em Tonga se dizem preocupados com o bem-estar deles.
Especialistas afirmam que a erupção do Hunga-Tonga-Hunga-Ha’apai, que durou vários dias até atingir seu pico no sábado, foi uma das mais violentas na região em décadas, e desencadeou alertas de perigo de tsunami em diversos países com costa no Oceano Pacífico, como EUA e Japão.
Tsunami atinge capital de Tonga, no oceano Pacífico
Erupção de vulcão em Tonga causa duas mortes no Peru

Doses, público e multas: conheça as novas regras do passaporte da vacina aprovado na França

0

Documento vai impedir que não vacinados tenham acesso a espaços como trens, restaurantes, teatros e cinemas, com exceção de serviços de saúde. Fraude em documento poderá ser punida com pena de três anos de prisão e multa de € 45.000, cerca de R$ 284.000. Jovens com máscaras para se proteger da Covid-19 caminham em frente à Torre Eiffel, em Paris, na França, em 21 de dezembro de 2021
Michel Euler/AP
Após várias semanas de debate, o Parlamento francês aprovou definitivamente neste domingo (16) o polêmico projeto de lei que substitui o atual passaporte sanitário por um passe de vacinação válido para maiores de 16 anos.
O governo tinha pressa para a adoção das novas regras. Afetada pela onda da variante ômicron, a França registrou 280 mil novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas.
Veja também: Áustria se tornará primeiro país da Europa a ter vacinação obrigatória contra a Covid-19
O texto foi aprovado na Assembleia Nacional com 215 votos a favor, 58 contra e sete abstenções. Os deputados socialistas, de oposição, pretendem encaminhar a questão ao Conselho Constitucional para que sejam respeitadas as “liberdades fundamentais”, o que atrasará por alguns dias a promulgação do projeto.
O governo quer que a lei entre em vigor o mais rápido possível, devido ao aumento de casos provocado pela variante ômicron.
Com uma média de 300 mil infecções diárias na última semana, o Executivo espera iniciar a exigência do passe de vacinação por volta de 20 de janeiro.
O passaporte vai impedir que os não vacinados tenham acesso a vários espaços, como trens, restaurantes, teatros e cinemas. Será preciso ter o esquema de imunização completo, exceto para acessar serviços de saúde e casas de repouso. O passe atual incluía a possibilidade de apresentar teste negativo para Covid-19 ou ter superado recentemente a doença.
O novo documento só será exigido a partir dos 16 anos, enquanto aos menores entre 12 e 15 anos continuará a ser solicitado o atual passaporte sanitário.
Além disso, o passe de vacinação será implementado gradualmente. Pessoas que tenham iniciado o percurso de imunização, assim como aqueles que ainda não receberam a dose de reforço sete meses após a segunda dose poderão apresentar um resultado negativo de teste em vez do passe de vacinação.
Os gerentes dos estabelecimentos poderão solicitar um documento de identidade com fotografia para verificar se os vários certificados correspondem. Este controle será autorizado quando houver “sérias razões” para acreditar que a pessoa está exibindo documentos suspeitos.
Fraudes serão punidas com multas pesadas
Qualquer posse fraudulenta de um passaporte de saúde (seja falsificado ou emprestado de terceiros) poderá ser punida com pena de três anos de prisão e multa de € 45.000, cerca de R$ 284.000.
Essa pena será ampliada para cinco anos de prisão e multa de € 75.000, cerca de R$ 473.000, se a pessoa implicada na fraude apresentar vários documentos falsificados.
Entretanto, a lei prevê alguma flexibilidade: se o infrator receber a dose de imunizante que falta dentro de 30 dias a partir da data da infração, ele ou ela poderá escapar dessas sentenças.
O projeto de lei aprovado também prevê penalidades para as empresas que não respeitarem as recomendações do governo quanto ao trabalho remoto. A empresa infratora poderá ser condenada a uma multa administrativa de até € 500 por funcionário, cerca de R$ 3.200. Em circunstâncias excepcionais, a sanção pode chegar a € 50.000, cerca de R$ 315.000.
Projeto gerou tensão no Parlamento
A implantação do passe de vacinação estava prevista para 15 de janeiro, mas foi atrasada devido às divergências de deputados e senadores sobre as versões da norma.
Também contribuíram para a demora na adoção final as declarações do presidente Emmanuel Macron, que disse que desejava incomodar até o fim os não vacinados. Macron utilizou a expressão vulgar de que pretendia “encher o saco dos não vacinados” até o fim.
Essas palavras foram interpretadas como uma falta de respeito do chefe de Estado em relação a uma parcela da população e desencadearam reações de políticos de oposição e da maioria governista na Assembleia.
Durante a tramitação do texto no Senado, os senadores retocaram vários artigos do projeto para atenuar restrições que consideraram abusivas do ponto de vista das liberdades individuais. Em várias ocasiões, o debate parlamentar sobre o projeto de lei foi suspenso devido à tensão no plenário.

Santos vence o Fluminense e avança às quartas de final da Copinha

0

O Santos venceu o Fluminense por 2 a 1, na noite deste domingo, 16, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, e avançou às quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os dois gols dos Meninos da Vila foram marcados pelo meia-atacante Lucas Barbosa. O tricolor das Laranjeiras descontou com o atacante John Kennedy, que disputou partidas pela equipe profissional do clube carioca na temporada de 2021. Com a vitória e a classificação garantida, o Peixe, que briga pelo quarto título da competição, enfrentará o Mirassol (SP) na próxima fase. A final da Copinha será disputada no dia 25 de janeiro, em local ainda não divulgado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Os Meninos da Vila vão seguir brilhando na Copinha. O Peixe está nas quartas!#Copinha22 pic.twitter.com/LtNU9mjzvu

— Copinha (@Copinha) January 17, 2022

Ministério da Economia vai rejeitar plano do Rio para Regime de Recuperação Fiscal

0

O Ministério da Economia decidiu rejeitar o plano de retorno do estado do Rio de Janeiro ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).
A decisão é baseada em pareceres do Tesouro Nacional e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) que pedem a rejeição desse planejamento montado pelo governo estadual. O blog teve acesso a essas recomendações.
Como antecipou o blog na última semana, os documentos entregues pelo Rio ao governo federal ampliam gastos estaduais, em vez de reduzí-los, e preveem reajustes anuais aos servidores da administração local.
Além dos pareceres contrários do Tesouro e da PGFN, há um terceiro documento do Conselho Supervisor do Regime de Recuperação Fiscal do Rio, formado por representantes do governo do estado, do Tribunal de Contas da União (TCU) e do próprio Ministério da Economia.
Esse parecer aprova o novo plano de recuperação fiscal com ressalvas. O representante do ministério votou pela rejeição, mas foi vencido pelos representantes do governo do Rio e do TCU.
O próprio conselho superior já apontou, em análises sobre o regime de recuperação fiscal anterior, que o Rio de Janeiro não cumpriu metas definidas naquele momento.
O principal argumento do Tesouro e da PGFN é que o Rio não faz ajustes factíveis ao longo dos nove anos previstos para a duração do RRF, deixando o corte de despesas muito drástico para o último ano, em 2030.Veja detalhes abaixo:
Proposta do Rio para o Regime de Recuperação Fiscal eleva gastos e prevê reajuste anual a servidores
No RRF, o estado deixa de pagar as dívidas com a União. Entre 2017 e 2021, na execução do primeiro plano, o Rio de Janeiro deixou de repassar mais de R$ 90 bilhões aos cofres federais.
O novo formato é diferente e prevê que o estado passe a pagar um pequeno percentual dos débitos em aberto já a partir do segundo ano.
Quando a rejeição do projeto apresentado pelo Rio for anunciada oficialmente, o governo do estado terá 10 dias para responder à decisão da área econômica.
Rio tenta convencer a Esplanada
Na última semana, o governador do Rio, Cláudio Castro, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro em Brasília para tratar do tema. Cabe ao presidente da República homologar o plano.
O Rio planeja levar o caso ao Supremo Tribunal Federal para obrigar o Executivo a manter o Rio no RRF.
O secretário de Fazenda do Estado, Nelson Rocha, afirmou ao blog que a proposta é estimular o desenvolvimento do Estado.
Especialistas em contas públicas ouvidos pelo blog afirmam que, se o plano do Rio for aprovado, irá enterrar as negociações com outros estados, que estão realizando cortes de gastos e propondo ajustes fiscais.

Covid-19: Brasil registra 23 milhões de casos e 621 mil mortes

0

O número de mortes por covid-19 no Brasil subiu para 621.045. Em 24 horas, foram registradas 74 mortes.

Já o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 23.000.657. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste domingo (16). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 710.670 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 21.668.942 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (155.729), Rio de Janeiro (69.585), Minas Gerais (56.810) e Paraná (40.933). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.854), Amapá (2.030), Roraima (2.078) e Tocantins (3.967).

Em número de casos, São Paulo também lidera (4.500.516), seguido por Minas Gerais (2.349.381), Paraná (1.699.378) e Rio Grande do Sul (1.581.887).

covid_16.01 – 16/01/2022/Divulgação/ Ministério da Saúde

Baixada Santista registra mais de 3,7 mil novos casos e 20 mortes por Covid-19 em uma semana

0

Região soma 186.631 casos confirmados e 7.448 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia. Profissional de saúde se prepara para coletar amostra para teste de Covid-19 em Brasília, no dia 10 de janeiro.
Eraldo Peres/AP
A Baixada Santista, no litoral de São Paulo, registrou 3.758 casos de Covid-19 desde o último domingo (9). De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas prefeituras, foram registradas 20 mortes pela doença na última semana.
Ao todo, a região soma 186.631 casos confirmados e 7.448 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia. Ainda há 4.112 casos suspeitos e 114 mortes em investigação. O número de internações, segundo os boletins das prefeituras, é de 146, entretanto, o total real pode ser maior, já que algumas cidades informam apenas os pacientes internados em UTI ou leitos do SUS (veja tabela abaixo).
Mortes e casos de Covid nas cidades da Baixada Santista
Santos é o município com o maior número de internações, e fechou a semana com 122 hospitalizados. Destes, 72 são moradores da cidade. A taxa geral de ocupação dos 201 leitos Covid-19 disponíveis está em 65%. Entre os 104 leitos de UTI, a ocupação é de 60%. Na rede SUS, a taxa é de 55% e na rede privada, 63%.
A cidade que registrou mais óbitos na semana foi Praia Grande, contabilizando sete mortes pela doença. Na sequência, Mongaguá e São Vicente registraram quatro óbitos cada. Santos contabilizou três mortes pela Covid-19 na última semana. Guarujá registrou dois óbitos pela doença no período. A Baixada Santista soma 158.584 pessoas que se recuperaram da doença desde o início da pandemia.
Confira os casos na Baixada Santista
* O número de internados em Cubatão é referente apenas a pacientes de UTI, e o de Guarujá é referente a internações do SUS. Além disso, os números referentes a Bertioga, Guarujá, Itanhaém, Peruíbe e São Vicente são de sexta-feira (14), data do último balanço divulgado na semana.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Motociclista morre em acidente em Praia Grande, SP

0

Samu foi acionado e constatou a morte da vítima no local. Uma equipe da Secretaria de Trânsito se deslocou até ao local para auxiliar no estreitamento do trânsito em Praia Grande, SP
Reprodução/ Praia Grande Mil Grau
Um motociclista, de 30 anos, morreu após se envolver em um acidente de trânsito na entrada da cidade de Praia Grande, no litoral de São Paulo, na tarde deste domingo (16). A Polícia Militar foi ao local e acionou a perícia para liberação do corpo.
O caso ocorreu por volta de 16h, depois da descida da Ponte do Mar Pequeno. Segundo a Secretaria de Trânsito do município, uma equipe se deslocou de viatura até ao local para auxiliar no estreitamento do trânsito para uma faixa.
O Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu) foi acionado e constatou a morte da vítima na via. A dinâmica do acidente não foi divulgada ao g1.
A Polícia Militar foi até o local e acionou a perícia para dar prosseguimento na liberação do corpo. O caso será registrado na Delegacia Sede de Praia Grande.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Parlamento francês aprova projeto de lei do passaporte de vacinação

0

O governo quer que o texto entre em vigor o mais rápido possível, devido ao aumento de casos provocado pela variante ômicron. O deputado francês Stephane Claireaux (à esquerda), do partido La Republique En Marche, o mesmo do presidente Emmanuel Macron, discute com manifestantes antivacina em frente à sua própria casa em Saint-Pierre, no arquipélago francês de Saint-Pierre-et-Miquelon, em 9 de janeiro de 2022
Jean-Christophe Lespagnol/AFP
Após semanas de debate, o Parlamento francês aprovou definitivamente neste domingo (16) o polêmico projeto de lei que substitui o atual passaporte sanitário por um passe de vacinação válido para maiores de 16 anos.
O texto foi aprovado com 215 votos a favor, 58 contra e 7 abstenções. Os deputados socialistas (oposição) pretendem encaminhar a questão ao Conselho Constitucional para que sejam respeitadas as “liberdades fundamentais”, o que atrasará por alguns dias a promulgação do projeto.
Deputado francês é agredido por manifestantes antivacina; VÍDEO
Após Macron afirmar querer ‘encher o saco’ de não vacinados, premiê britânico critica ‘verborragia’ antivacina
Deputados da França aprovam projeto de novo passe da vacina
O governo quer que o texto entre em vigor o mais rápido possível, devido ao aumento de casos provocado pela variante ômicron.
Com uma média de 300 mil infecções diárias na última semana, o Executivo espera iniciar a exigência do passe de vacinação por volta de 20 de janeiro.
O passaporte vai impedir que os não vacinados tenham acesso a vários espaços, como trens, restaurantes e cinemas. Será preciso ter o esquema de imunização completo, exceto para acessar serviços de saúde.
Por sua vez, o passe atual incluía a possibilidade de apresentar teste negativo para Covid-19 ou ter superado recentemente a doença.
O novo documento só será exigido a partir dos 16 anos, enquanto aos menores entre 12 e 15 anos continuará a ser solicitado o atual passaporte sanitário.
A implantação do passe de vacinação estava prevista para 15 de janeiro, mas foi atrasada devido às divergências dos deputados sobre as versões da norma.
Também contribuíram para isso as declarações do presidente Emmanuel Macron (liberal) no início de janeiro, que disse que desejava “incomodar até o fim” os não vacinados.
Suas palavras desencadearam uma tormenta na classe política e contribuíram para suspender o debate parlamentar sobre o projeto de lei.

IPTU 2022: Veja calendário e formas de pagamento nas cidades da região

0

Cidades da região do Vale possuem formas diferentes de pagamento do imposto Vista aérea de São José dos Campos
Divulgação/PMSJC
As cidades do Vale do Paraíba e região bragantina divulgaram o calendário e forma de pagamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) de 2022.
Cada município possui suas datas e formas de pagamento. Confira abaixo as informações divulgadas pelas prefeituras:
São José dos Campos
A Prefeitura de São José dos Campos irá começar nesta semana a distribuição de 254 mil carnês do IPTU e das taxas de coleta de lixo e de contribuição de iluminação pública. A cidade pretende arrecadar R$ 303,4 milhões, que devem ser revertidos em investimentos em saúde, educação e melhorias por toda a cidade, segundo a gestão municipal.
O pagamento do imposto pode ser parcelado em até 10x, com a novidade de pagamento pelo PIX.
Para os pagamentos a vista, há o desconto de 7,5%, com vencimento entre os dias 21 a 25 de fevereiro, conforme informado no carnê.
Atibaia
Em Atibaia, o vencimento do imposto foi fixado para o dia 28 de cada mês. O pagamento pode ser feito a vista ou parcelado. A Prefeitura disponibilizou um desconto adicional que corresponde a 1% para cada IPTU, dos últimos cinco anos, que tenha sido quitado dentro do respectivo exercício. Ou seja, quem quitou o pagamento de 2016 a 2020 dentro do prazo estabelecido, tem o direito do desconto máximo de 5%.
O pagamento a vista em cota única até o dia 28 de março garante mais 5% de abatimento.
Ainda segundo a prefeitura, os pedidos de revisão devem ser feitos dentro do prazo de 30 dias, a partir da data de recebimento do carnê, pelo protocolo digital de documentos 1Doc, disponível no site da prefeitura.
Bragança Paulista
Em Bragança, os pagamentos parcelados começam em 25 de janeiro, em até 12 vezes. As demais parcelas deverão ser pagas todo dia 10 de cada mês. Em caso de atraso, existe um acréscimo feito baseado na Lei nº 1.999, de 12 de dezembro de 1984.
O pagamento a vista, com 5% de desconto, tem data limite em 25 de fevereiro.
Caraguatatuba
A Prefeitura de Caraguatatuba vai distribuir 86 mil carnês em janeiro. Na cidade haverão duas datas para o pagamento a vista: com desconto de 10% e vencimento no dia 10 de fevereiro, e com 5% de desconto até o dia 10 de março.
Além do pagamento em cota única, os munícipes poderão dividir o carnê em 10 vezes, sendo a primeira parcela para o dia 10 de março e a última para o dia 12 de dezembro.
Ilhabela
A Prefeitura de Ilhabela irá emitir os carnês do IPTU 2022 de forma online, a partir do dia 1° de fevereiro.
O primeiro vencimento para quem decidir parcelar o valor será no dia 17 de fevereiro. A cota única, com desconto de 15%, pode ser paga até o dia 17 de março.
Os pedidos de revisão podem ser feitos no setor de Protocolo da Prefeitura de Ilhabela. Para o Imposto Predial, a solicitação pode ser feita via WhatsApp pelo número (12) 3896-9212. Já para pedido de revisão do Imposto Territorial, o pedido deve ser feito presencialmente no Paço Municipal.
Campos do Jordão
Em Campos, os moradores podem optar pelo pagamento do IPTU e da Taxa de Lixo parcelados em até 11 vezes, com o vencimento da primeira parcela no dia 15 de fevereiro.
No caso de pagamento a vista, os moradores podem optar por pagar até 15 de fevereiro, com desconto de 10%, ou até 15 de março, com desconto de 5%. As guias para pagamento podem ser emitidas pelo site da Prefeitura.
Lorena
Em Lorena a Prefeitura já disponibilizou os carnês digitais para pagamento do IPTU pela internet – clique aqui para acessar. Os impressos serão entregues pelos Correios nas residências.
Os moradores terão a opção de pagar em cota única, com o desconto de 10%, ou em até 10 vezes no carnê. O primeiro vencimento tem data limite em 10 de março.
Taubaté
A Prefeitura de Taubaté irá começar a distribuição dos carnês, pelo Correio, em fevereiro, mas a versão online também estará disponível no site da prefeitura.
Os moradores tem a opção de pagamento a vista, com o vencimento para 1 de março e desconto de 10%, ou até 1 de abril, com 5% de abatimento. Quem quiser parcelar, tem a opção de fazer em até 10 vezes.
Ubatuba
Em Ubatuba, os pagamentos poderão ser feitos em cota única até 10 de fevereiro de 2022, com direito a descontos que variam de 10% a 20%, ou parcelado em 11 vezes, com a mesma data de vencimento para a primeira fatura.
Os descontos para pagamentos a vista são progressivos, de acordo com a prefeitura: no primeiro ano em que pagar a vista, o morador tem 10% de desconto. No segundo ano consecutivo de quitação a vista, tem 11%, assim até chegar a 20%. Caso o morador pague em um ano de forma parcelada, no ano seguinte ele volta para 10%.
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina